A CARREGAR

Type to search

V Congresso Português de Bonsai

Realizou -se no fim de semana de 17 e 18 de novembro passados o V Congresso Nacional de Bonsai.  Congresso é realizado anualmente pela Federação Portuguesa de Bonsai, uma associação que reúne todos os clubes nacionais. Atualmente é constituída pela Associação Lusitana de Bonsai, pelo Clube Bonsai de Sintra, pelo Clube Bonsai do Algarve e pelo Bonsai Clube do Porto. A responsabilidade da sua organização é da direção, que é rotativa entre os diversos Clubes. Este ano calhou aos nossos congéneres do Porto, pelo que foi realizado nesta cidade do norte do País.

E o que é um Congresso Nacional de Bonsai no contexto português?

O evento comporta, geralmente, as seguintes atividades:

*Exposição de Bonsai, onde são mostrados os exemplares selecionados por cada um dos Clubes (que entram numa espécie de concurso para atribuição de prémios por um júri selecionado) e onde podem ainda ser mostrados exemplares de artistas estrangeiros (extra-competição).

*Concurso Novo Talento – um concurso onde associados dos diversos Clubes se inscrevem para, num espaço de 3 horas, “transformarem” uma árvore de viveiro (geralmente um junípero) num pré-bonsai. O trabalho é avaliado por um júri selecionado e o vencedor representará Portugal no Concurso Novo Talento organizado pela European Bonsai Association (Associação Europeia de Bonsai) no ano seguinte ao do Congresso.

*Demonstrações onde sócios selecionados dos diversos clubes e/ou artistas nacionais ou estrangeiros trabalham árvores, estilizando-as para serem futuros Bonsai. São geralmente atividades que decorrem em palco ou num espaço que permita que o público assista, durante um dos dias, às transformações que os exemplares vão sofrendo, e que depois ficam expostas para se apreciar o resultado final.

*Outras atividades de artes paralelas à do Bonsai, como origami, ikebana, cerimónia do chá… Este ano houve um espaço dedicado ao sushi e outro ao origami.

*Exposição de artistas de cerâmica. O Bonsai está intimamente ligado à cerâmica, através dos vasos que são necessários para completar a Arte. É prática comum convidar artistas nacionais (e por vezes estrangeiros) para exporem a sua arte no Congresso. Este ano esta atividade foi associada a stands de venda (espaço de intercâmbio comercial de produtos e serviços relacionados com a Arte do Bonsai).

A Exposição de Bonsai é, sem dúvida, uma das principais atividades de um Congresso.

E expor um Bonsai é uma tarefa que assusta os menos experientes, mas que é tida em conta pela maioria dos bonsaístas como um dos objetivos a atingir no caminho percorrido por cada um de nós. Até porque a exposição de exemplares é um dos mecanismos mais importantes para a divulgação do trabalho individual e a evolução do “estado da Arte” nas diversas comunidades, sejam elas um Clube, uma região, um país ou uma parte do mundo.

E quais os principais passos a pensar para a preparação de um exemplar para uma exposição?

*Um Bonsai deve começar a ser preparado para uma exposição logo desde que chega às mãos do bonsaísta, no início do seu treino (que pode durar uma vida) os cuidados de cultivo, os cuidados com a saúde da planta, a escolha do vaso e a estilização (escolha da frente e da inclinação relativamente ao vaso, construção do nebari, ramificação, madeira morta…) são tarefas genéricas que fazem parte do objetivo final – ter em mãos um exemplar esteticamente bem estruturado e de boa saúde, que permita, com alguns retoques finais, apresentar uma peça de arte viva pormenorizadamente bem cuidada.

*Depois, a escolha dos elementos a acompanhar o Bonsai (geralmente dependentes da época do ano e do que o bonsaísta pretende transmitir na imagem final da sua arte viva):

1-onde assenta o Bonsai – mesa, laje de pedra ou madeira?
2-qual o acompanhamento: kusamono (planta), suiseki (pedra) ou artefacto?
3-utilização ou não de kakemono (“papiro” vertical com uma poesia ou uma pintura)?

*Finalmente os preparativos finais – as tarefas a efetuar mais próximo da data da exposição:

1-melhorar o aspeto geral da planta com alguns retoques de poda e de limpeza do tronco, dos ramos e das folhas
2-limpeza da superfície do solo e/ou melhoria do musgo superficial
3-limpeza do vaso

Deixamos seguidamente imagens das 5 árvores da exposição que foram premiadas este ano.

Melhor Árvore

Melhor Shohin

Melhor Composição

Prémio Mérito

Prémio Mérito

Iniciado informalmente em 2003, o Clube Bonsai Sandô é um grupo de amigos de diferentes gerações, que têm em comum a paixão pela Arte do Bonsai.
É, desde Novembro de 2006, uma Associação sem Fins Lucrativos, atualmente com cerca de quatro dezenas de associados, que tem como principal objetivo promover e divulgar a arte e cultura do bonsai.
Para tal, o Clube aposta principalmente na troca de conhecimentos e na partilha de experiências no Bonsai, encontrando-se aberto a qualquer pessoa que queira participar, independentemente do seu nível de conhecimento na arte. Saiba mais no website e na página do facebook do clube.

Tags:

Deixe o seu comentário

Your email address will not be published. Required fields are marked *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

Ir para o topo