A CARREGAR

Type to search

O limoeiro (Citrus x limon L.) é uma árvore de folha persistente que é originária da Asia. Desde há séculos que é cultivada e utilizada, principalmente para aproveitamento dos seus frutos e nomeadamente pelas maravilhosas propriedades do sumo que os seus frutos possuem. No entanto, também a casca e as próprias folhas são muito utilizadas na preparação de bebidas e tisanas. É dos frutos com maior quantidade de vitamina C (açido ascorbico), mas possui também vitamina A, B1, B2 e B3, é rico em ferro, magnésio, fósforo e potássio. Tem também uma rica concentração de açido citrico que lhe dá o seu gosto extremamente forte. O pH chega a estar compreendido entre 2 e 3.

As utilizações a que este fruto se presta são inúmeras, desde receitas de culinária, a bolos, sumos, refrigerantes, sorvetes, medicamentos, produtos de limpeza, perfumaria e cosmética entre outros. O interesse comercial surgiu mais intensamente quando se descobriu que o limão continha grandes quantidades de Vitamina C e se conservava durante muito tempo, tendo então sido utilizado pela marinha de diversos países no combate ao escorbuto, durante as longas viagens.

Os limoeiros são árvores relativamente pequenas, o que os torna particularmente apetecíveis em jardins de pequena dimensão. Aliás, até há bem pouco tempo, em quase todos os jardins existia um limoeiro, sinal de bom agoiro. Posso dizer-vos que aqui há uns anos atrás (talvez 2), fui solicitado para fazer um pequeno jardim, apenas com uma zona de relva e uma árvore (Limoeiro), quando perguntei o porquê, o cliente respondeu: “porque em casa dos meus pais sempre existiu um limoeiro e quero que essa tradição se mantenha”. Se formos visitar jardins mais antigos encontramos quase sempre um exemplar, mais ou menos cuidado, de limoeiro. É portanto uma árvore importante e emblemática no jardim português (mediterrâneo).

Em relação aos cuidados a ter, o limoeiro não é muito exigente. Deve deixar-se crescer livremente sem grandes podas, eventualmente fazendo algumas correcções em ramos que estejam cruzados, doentes e/ou debilitados, de resto é deixar que ele cresça e se desenvolva.

No entanto o limoeiro cria nas pessoas atitudes diferentes e caricatas que se prendem com a sua produção. O que acontece e é muito comum, é as pessoas ligarem a perguntar: “O limoeiro do meu vizinho está cheio de limões e o meu nem um único tem, será que ele nunca virá a dar fruto, não é melhor cortar este e colocar outro?”

Mesmo em árvores com a mesma idade é comum isso acontecer e claro que as pessoas perguntam mas porquê, porquê a mim…..

Na realidade quando compramos um limoeiro, ele até poderá vir já com alguns limões e no entanto quando o plantamos em nossa casa ele deixa de dar limões.

Causas: é simples, quando plantamos um limoeiro, existe um periodo de adaptação ao novo solo, é necessário que ele enraíze bem para começar a crescer. Uma vez que o terreno de onde proveio o limoeiro é diferente do novo local, o tempo desta nova adaptação depende muito de caso para caso e pode levar um ano ou mais. De qualquer maneira o limoeiro após este periodo de adaptação pode ser teimoso e continuar a não dar frutos, é perfeitamente normal, não desespere. O limoeiro pode ser mesmo bem teimoso. A solução ou truque é fácil. Quando temos alguém teimoso, o que fazemos:

– Ou deixamos andar

– Ou debatemo-nos com ele

Se optar pela primeira solução o seu limoeiro não virá a dar limões nos tempos mais próximos. Se por outro lado decidir enfrenta-lo então eis o que tem a fazer:

Coloque qualquer tipo de peso sobre as suas costas (ramos), pode utilizar pedras, tijolos, ou qualquer outra coisa que o obrigue a vergar. Poderá pendurar nos seus ramos pedras para que fiquem dobrados, mas sem partir. Poderá também dar-lhe uma “coça”, “tareia” recorrendo a um pau ou uma corda (chicote). Procedimento: Pegue no pau e começe a bater no seu limoeiro mas apenas no tronco principal, ele vai ficar com algumas feridas, eventualmente vai até chorar, mas não se preocupe pois no final da tareia ele vai perceber que você é mais teimoso do que ele e passado algum tempo ele irá começar a frutificar.

Atenção deve-se bater e ferir ligeiramente sem nunca chegar ao ponto de o partir, aí sim teríamos de o substituir.

Explicação: O facto prende-se com a circulação das seivas, que são a maneira de a planta se alimentar. Ao darmos uma tareia no tronco vamos provocar um stress na planta e vamos provocar e activar uma maior e mais rápida circulação das seivas, tanto bruta (ascendente), como elaborada (descendente). Isso vai fazer com que a árvore “pense” que pode estar em risco e então, automaticamente entre na fase de produção para garantir a eventual propagação da sua existência criando descendentes (sementes).

Espero ter contribuido para o esclarecimento de algumas dúvidas que por vezes surgem, nos nossos leitores.

Nota: Alguns factos poderão estar ligeiramente fantasiados.

 

DIOGO RICOU é o responsável técnico da empresa Monteiro & Ricou, lda. Licenciado em Engenharia Agrícola pela Universidade dos Açores. Desde sempre que esteve ligado a esta área.

É formador nas áreas da jardinagem, nomeadamente planeamento de jardins e dá aulas ao curso CEF jardinagem no ensino público.

A monteiro & Ricou presta serviços de consultadoria, gestão de obras, construção de jardins, implantação e projecto de sistemas de rega, instalação de jardins verticais, agricultura, paisagismo.

www.monteiroricou.blogspot.com

Tags:

362 Comments

  1. antero ferreira 18 de Outubro de 2017

    O meu limoeiro não vinga os frutos, a flor cai partindo-se pelo pedúnculo e nem se quer abre a dita flor, um ou outro limãozinho que nasce cai em pequeno, o que poderei fazer para resolver o problema?

    Responder
  2. Antonio Santos 24 de Outubro de 2017

    Estimadas/os
    Boas, gostaria de saber se alguem me pode ajudar e dar uma dica. Procuro Sulfato de cobre mas nao encontro , pelo menos na minha área de residencia, será que alguem me pode indicar onde posso comprar !?
    A outra questão é referente ao Limao Cravo , será que consigo arranjar uma muda ou mesmo uma estaca para plantar no meu terreno ?!
    Muito obrigado e bem hajam
    ASantos
    2840 seixal

    Responder
  3. João Curto 31 de Outubro de 2017

    Saudações a todos.
    Já li aqui muitos esclarecimentos que bem me ajudaram, mas agora vou pedir se alguém me pode esclarecer qual o tratamento para as laranjeiras que deitam resina pelo tronco…
    Vi que o sr.Montes escreveu aqui pela última vez em 27/Dez/2015, por isso não sei se terei a sorte de ele ou outro amigo me possa ajudar… 🙂
    Cumprimentos e obrigado.

    Responder
  4. lena 15 de Novembro de 2017

    é verdade sim senhor…..pendurei um tijolo e açoitei com uma faca o caule perto da terra e alguns ramos…..só danifid
    cando a casca…..já o ano passado deu mas este ano tem mais de 100 limões….remédio santo…..apanhou e emendou-se.O que devo fazer para uma doença do mesmo em que as folhas ficam cobertas por uma capa preta e os frutos tambem,gratos .

    Responder
  5. michelle moraes 27 de Janeiro de 2018

    boa noitetenho um limoeiro em emu quintal que todo dia amanhece com um monte de folhas no chao
    poderiam me explicar o que devo fazer

    Responder
  6. Solange Laino 4 de Fevereiro de 2018

    Bom dia!!!
    Eu tenho um pé de limão rosa e infelizmente os limões estão nascendo como se fosse um tipo de uma ferrugem! O que pode ser? E vcs podem me ajudar?
    Grata.

    Responder
  7. Donnie 6 de Março de 2018

    Eu tenho um único limoeiro, em um pedaço de terra cercado por cimento no meu quintal.
    Ele agora está secando, estrangulado por uma trepadeira que eu não sei de onde fica surgindo!
    Eu já tirei ela toda, mas agora está em áreas onde eu não sou capaz de alcançar, e com o terreno super inclinado não consigo usar escada…

    Se eu cortar o tronco no meio ele volta a crescer???

    Responder
  8. James 27 de Março de 2018

    Boa Tarde
    à cerca de duas semana comprei um limoeiro num vaso, como vinha num vaso pequeno mudei o mesmo para um vaso maior , como já tem um tamanho grande coquei uma estaca , agora passadas estas duas semanas começou a cair lhe as folhas , por favor podem me dar uma ajuda a perceber o que está a acontecer .
    muito obrigado

    Responder
  9. ANA MARINA GUIMARARES 2 de Maio de 2018

    Ola
    Comprei um limoeiro em vaso esta semana, na loja estava num espaço interior grande e eu coloquei o limoeiro na varanda.
    Tem estado frio e noto que as suas folhas estão a enrolar e a ficar secas…
    O que devo fazer?
    Agradeço muito a ajuda

    Responder
  10. luciomartins 4 de Maio de 2018

    ola boa tarde eu acho que devia por no limoeiro alguma proteçao para o ambientar as condiçoes donde esta porque ele vinha do interior duma loja com infeito de estufa deve ambienta lo primeiro e protege.lo de ventos ze martins jardineiro no museu do traje

    Responder
  11. luciomartins 4 de Maio de 2018

    ola boa tarde alguem conhece o tuberculo do stupinando

    Responder
  12. Vera Souza 23 de Setembro de 2018

    olá amigo meu limoeiro foi podado e na última poda foi cortada seu olho de avanço no meio
    e podado por duas vezes antes de nascerem seus frutos.

    Responder

Deixe o seu comentário

Your email address will not be published. Required fields are marked *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

Ir para o topo