A CARREGAR

Type to search

O meu Jardim é na Praia: Fotografar plantas nas dunas

Com a chegada da Primavera e do Verão, as caminhadas pelas praias são cada vez mais frequentes. Nesta artigo fomos fotografar algumas plantas que normalmente encontramos nas praias continentais. Estas imagens foram obtidas na Praia do Lizandro (junto à Ericeira).

Texto e fotografia: Vasco de Melo Gonçalves

Helichrysum italicum

Neste artigo, o nosso principal objetivo não é a identificação das espécies mas sim fotografar os cenários que essas plantas nos proporcionam. Fotografar as plantas que se encontram neste jardim nas dunas pode ser uma alternativa interessante para quem gosta de praia mas não tem paciência para passar horas de exposição ao sol sem fazer nada!
Hoje em dia, o acesso à fotografia está muito facilitado devido à vulgarização e utilização de smartphones e pequenas máquinas fotográficas digitais. Ao nível dos smartphones, muitos destes equipamentos já possuem software fotográfico de boa qualidade rivalizando, desta forma, com alguns modelos de máquinas fotográficas.
Para tirar o maior partido do seu equipamento é essencial conhecer, com alguma profundidade, como funciona e que tipo de software possui. Não se deixe ficar por colocar o equipamento em automático pois, para tirar fotografias engraçadas e curiosas não é preciso ser um “profissional” mas é necessário dedicar alguma atenção ao assunto.

Silene littorea

Sedum sediforme

Lobularia maritima

Eis alguns dos fatores que, a nosso ver, vão permitir obter boas fotografias: tomada de vista, medição de luz, focagem e enquadramento.
A tomada de vista é importante porque dá dimensão à planta e uma forma diferente de a ver. Se, ao fotografar, se deitar na areia ou se se colocar ao nível da planta vai ver que uma nova perspetiva surge.

Armeria pungens

Pancratium maritimum

Honkenia peploides

A medição de luz é muito importante tendo em conta que fotografamos na areia, um elemento claro e grande refletor de luz. Deveremos fazer uma medição de luz mais pontual para, desta forma tentarmos que a luminosidade refletida pela areia não influencie o fotómetro. Se tal acontecer, a nossa planta ou flor poderá ficar muito escura e sem pormenores.

Eryngium maritimum L.

Eryngium maritimum L.

A focagem é importante para realçar e dar nitidez ao objeto que pretendemos fotografar. O excesso de luz natural dificulta, por vezes, a visualização do objeto no ecrã.
Por fim o enquadramento, há que tirar o máximo partido do mesmo para criar um impacto visual e equilíbrio no motivo fotografado. Por vezes, basta bloquear a focagem e a medição de luz e descentrar o motivo, para se obter uma fotografia com muito mais beleza.
Aqui apresentamos algumas das plantas que fotografámos e aconselhamos vivamente a consulta do site www.flora-on.pt/ precioso auxiliar na identificação das espécies.
Aproveitem a magnifica luz que Portugal possui e vão fotografar…

Otanthus maritimus

A REDACÇÃO do Portal do Jardim.com, conjuntamente com todos os seus contribuidores, prepara artigos e notícias do seu interesse, mantendo-o ao corrente do que se passa sobre o Jardim, em Portugal e no Mundo.

Tags:

Deixe o seu comentário

Your email address will not be published. Required fields are marked *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

Ir para o topo