Abelhas

Categorias: A Horta & Agricultura Biológica, Featured, Os Artigos

Tags: , , ,

Comentários: sem comentários | Partilhar!

feature photo

Ao invés do que muitas pessoas imaginam, a grande maioria das abelhas não vive em sociedade ou em colónias. É solitária. Cada fêmea constrói e cuida do seu próprio ninho. A fêmea morre antes de sua cria nascer, nunca havendo contacto entre gerações. Este modo de vida é bastante diferente do que conhecemos, ou seja do modo de vida das abelhas de colmeia. Contrariamente à abelha doméstica, esta abelha não carrega as patas posteriores de pólen e não produz mel.

Importância das abelhas

O seu papel ecológico é fundamental na conservação da diversidade de espécies vegetais. As 20 mil espécies de abelhas que se estima existir em todo o mundo, são essenciais para a reprodução sexual das plantas.  É durante as suas visitas às flores que as abelhas transferem o pólen promovendo polinização cruzada, ou seja a troca de gâmetas entre as plantas. É esta acção que garante a variabilidade genética dos vegetais e a formação de bons frutos.

As abelhas são igualmente importantes para as plantas cultivadas que dependem de agentes polinizadores, sendo indirectamente responsáveis pela produção de  alimentos como frutas, legumes e cereais.

Sabe-se pouco da maior parte das espécies mas, cada espécie de abelha tem seu papel na comunidade, mesmo que lhe possa parecer estranho. Em cada comunidade em que se insira. . As abelhas devem por isso ser preservadas, bem como o ambiente em que vivem e do qual dependem para completar os seus ciclos de vida.

Os “inimigos” das abelhas solitárias

São muitos e variados, desde outras variedades de abelhas a todo o tipo de insectos mas, indubitavelmente, o pior de todos é o homem. Por acção directa, reduzindo as áreas plantadas ou naturalmente cobertas por vegetação, espalhando químicos sem regras,  e muitas vezes, indirectamente, atacando o meio que suporta a o ciclo de vida das abelhas.

Amigos das Abelhas

Amigos das abelhas são todos os jardins e hortas onde abundem plantas de que se possam alimentar, onde o recurso a pesticidas e insecticidas seja trocados por métodos de luta naturais e onde estas possam livremente circular.

Experimente colocar ninhos para abelhas solitárias no seu jardim ou na sua horta. Existem já feitos no mercado mas, em alternativa, pode furar e suspender um tronco médio de madeira. Verá como rapidamente as abelhas identificam o local e trazem nova vida ao seu jardim!

Partilhar!
  • Facebook
  • Twitter
  • MySpace
  • Digg
  • Live
  • del.icio.us
  • Google Bookmarks
  • NewsVine
  • StumbleUpon
  • Reddit
  • Technorati
  • LinkArena
  • LinkedIn

Sobre o autor

O Autor

A REDACÇÃO do Portal do Jardim.com, conjuntamente com todos os seus contribuidores, prepara artigos e notícias do seu interesse, mantendo-o ao corrente do que se passa sobre o Jardim, em Portugal e no Mundo.

O que achou deste artigo?

Deixe o seu comentário!

nome
(obrigatório)
e-mail
(obrigatório) (não será mostrado)
website
comentário
 

Relacionados

Produtos Seleccionados

pub



Secções
em Destaque

As Dicas
Conselhos úteis!
Plantas Ornamentais
Rosas, Orquídeas e muito mais!

Junte-se
a nós!




PUB

Votação

  • Pensa adquirir ou já adquiriu algum equipamento a bateria para manutenção dos jardins?

    Ver Resultados

    Loading ... Loading ...

Jardineiros
online

  • 23 Jardineiros Online
  • Jardineiros: 20 Convidados, 3 Bots