A CARREGAR

Type to search

As minhas Flores: Papoila das searas

Adoro Papoilas!
A sua Cor!
A sua Afirmação!
A sua Beleza!
A sua Alegria!

Das muitas espécies de Papoilas, só um pequeno número são espontâneas em Portugal, é o caso da Papaver Rhoes, Papoila-das-Searas, a mais conhecida.
Em Primaveras chuvosas nascem em tufos abundante pelos caminhos, pois nas searas têm desaparecido gradualmente devido aos herbicidas.
Esta distingue-se principalmente pelo vermelho intenso, pelas manchas negras na base da corola e pela cápsula, mais volumosa, com estrias escuras na tampa.

PAPAVER RHOES, L.

Espécie: Papaver Rhoes, L.
Família: Papaveraceae
Ordem: Ranunculales
Nome Comum: Papoula-Das-Searas
Floração: Abril – Julho
Distribuição: Oeste e Sul da Europa, Norte de África e Oeste Asiático.
Habitat: Searas, caminhos, terrenos cultivados e incultos.
Fotos Recolhidas no Algarve: Monte de Boi – Messines
Coordenadas: 37.2518228, -8.3067815

Descrição:
Planta herbácea, com pelos rígidos e abundantes.
Apresenta um caule ereto entre os 30 e os 50 cm de altura. As folhas que partem da sua base são recortadas e longas, compostas por vários segmentos dentados.
Por toda a planta circula um látex branco, que segrega quando cortada.
O cálice é formado por duas sépalas que caem quando a flor abre.
As flores são volumosas, solitárias de cor vermelha, constituídas por quatro pétalas, arredondadas com aspeto amarrotado. Cada pétala possui uma mancha negra na base. O androceu apresenta numerosos estames com filamentos filiformes de cor preta e anteras produtoras de pólen. O ovário dá origem a um fruto em cápsula, mais comprido que largo, de forma ovoide.
As pequenas sementes são libertadas através de poros que se abrem na tampa da cápsula, a qual apresenta vários sulcos lineares.
As sementes são de cor castanho-avermelhada.
Fonte: Wikipedia, Flora on e UTAD

Deixe o seu comentário

Your email address will not be published. Required fields are marked *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

Ir para o topo