A CARREGAR

Type to search

A Descoberta da Equinácea

[img]https://www.portaldojardim.com/artigos/plantas_saberes/equinacea051207/abertura.jpg[/img]

[i]Fotos: Fernanda Botelho[/i]

Devido ao grande surto de gripe que todos os Invernos ataca o nosso país, achei apropriado e necessário escrever sobre uma das plantas medicinais mais populares e indicadas no combate a gripes e a todo o tipo de infecções.

A equinácea é realmente uma planta miraculosa, estimula e revitaliza o sistema imunitário ajudando o corpo a combater vírus e infecções, com a vantagem de ser compatível com anti-bióticos.

[b]História[/b]
Muitos estudos têm sido feitos sobre esta planta especialmente nos Estados Unidos onde o seu consumo tem vindo a aumentar de ano para ano.

Os índios americanos utilizam-na há milhares de anos para curar picadas de serpentes, dores de garganta, dores de dentes e infecções várias.

O termo “equinácea” deriva do grego que significa ouriço caixeiro, devido ao aspecto do cone central da flor.

[b]Habitat[/b]
A [i]Equinacea angustifolia[/i] e a [i]Equinacea purpurea[/i] são ambas cultivadas tanto na América do Norte como do Sul, Europa, Nova Zelândia, Austrália para fins terapéuticos. Nas regiões centrais na América do Norte ainda se pode encontrar em estado selvagem correndo grandes riscos de extinção devido ao seu uso e abuso. Existe ainda a [i]Equinacea pallida[/i] também com propriedades medicinais, mas menos eficaz.

A [i]Equinacea purpurea[/i] é a mais facilmente propagada a partir da semente na Primavera ou por divisão da raiz no Outono. As flores devem ser colhidas no pico da floração, ou seja, Agosto e Setembro, e as raízes devem ser desenterradas de quatro em quatro anos no Outono.

Preferem solos arenosos e ricos, adaptando-se também a outro tipo de solos desde que sejam bem drenados. Podem ser cultivadas ao Sol, tolerando também sombra parcial.

Podem atingir mais de um metro de altura.

Floresce durante os meses de Verão, sendo as suas flores muito atractivas para borboletas e insectos.

[b]Utilização e Propriedades[/b]
Utiliza-se tanto as flores como as raízes, sendo estas últimas mais eficazes deixando até um certo formigueiro na língua especialmente quando tomada sob a forma de tintura.

A equinácea é um purificador do sangue, sendo portanto utilizada para curar vários tipos de problemas cutâneos, frieiras, herpes, abcessos, acne e furúnculos, mas ainda dores de garganta, gripe, amigdalites, gengivas inflamadas, congestão nasal, rinite alérgica, sinusite, problemas respiratórios, tosse, bronquite, infecções urinárias e fúngicas, asma ligeira, mordeduras e picadas.

Devido às resinas que a constituem, tem acção anti-biótica, anti-séptica e anti-bacteriana, estimulando a resposta do sistema imunitário aos problemas de pele e do aparelho digestivo.

Os óleos voláteis ajudam a combater espasmos e a aliviar a dor.

A inulina encontrada na raiz ajuda a restabelecer o equilibrio das bactérias intestinais.

Os flavonóides que se encontram nas folhas, fortalecem os vasos sanguíneos e dissolvem os radicais livres que são moléculas responsáveis pelo envelhecimento das células e o aparecimento de algumas doenças cardíacas.

Para tratar problemas de infecções agudas, a equinácia é mais eficaz em forma de tintura (tomar 20 a 30 gotas ou uma ou duas colheres de chá, diluídas em muito pouca água, três ou quatro vezes por dia). Esta tintura é geralmente feita a partir da raiz da planta, e pode encontrar-se à venda em qualquer ervanária. A equinácea existe ainda em forma de cápsulas, chá ou rebuçados para combater dores de garganta e tosse. Para uso externo existem, também, pomadas à base de equinácea utilizadas como cicatrizante e desinfectante de feridas e cortes.

[b]Cosmética[/b]
Existem shampoos, pasta de dentes, e cremes de pele muito eficazes no combate ao acne.

[b]Receita[/b]
Se decidir comprar sementes e cultivar a equinácea no seu jardim, poderá confeccionar a sua própria tintura a partir das flores e folhas frescas e também das raízes.

Colha as flores ou raízes, láve-as e encha com elas um frasco até cima. De seguida, verta sobre elas 40% de água e 60% de álcool (que poderá ser aguardente, conhaque ou brandy – mas não usar álcool etílico) até encher o frasco. As proporções de água-álcool podem variar, havendo mesmo quem utilize apenas álcool. No entanto, a proporção de água não deverá ser superior à de álcool. Pode ainda utilizar vinagre em vez de álcool.

Guardar o frasco em local escuro e fresco, agitando-o de dois em dois dias. Ao fim de três semanas, coar e guardar a tintura num frasco escuro, rotulando-o com a data de preparação, tendo em conta que esta terá uma validade aproximada de dois anos.

As tinturas administradas a crianças têm de ser muito diluídas, não são aconselhadas a grávidas nem a pessoas com problemas gástricos.

Tags:

19 Comments

  1. Maria José Moreira 27 de Fevereiro de 2009

    Olá Fernanda

    ao tentar saber mais sobre a equinácea, vim parar ao teu blog. Gosto muito vou consultá-lo mais vezes, de certeza que vou aprender muito contigo. parabéns

    Responder
  2. Cristina 27 de Outubro de 2009

    Olá Fernanda,
    Estou com a imunidade muito baixa e achei maravilhoso ter encontrado esse material.

    Abraços
    Cristina

    Responder
  3. Mario 29 de Outubro de 2009

    Aonde se pode comprar sementes ou rebentos da planta de origem biologica em Portugal ?
    E como se faz uma formula com esta planta em casa?
    Obrigado.
    M

    Responder
  4. Cidália Encarnação 4 de Fevereiro de 2010

    Olá Fernanda, obrigada por partlhares connosco este conhecimento. Estes assuntos interessam-me muito e por isso te estou grata. Já conheço e uso a equinácia, mas podermos acompanhar desde a plantação até ao produto final é que me fascina.

    Responder
  5. Patrícia 25 de Fevereiro de 2010

    Boa tarde. Li o artigo sobre equinácea, há muito tempo que leio sobre esta planta e por último optei por comprar um xarope para o meu filho de 2 anos que sofre de rinite alérgica e que há muito que toma anti-histaminicos para controlar o problema. Tento que com este xarope, consiga parar de dar o anti-histaminico e controlar a rinite. Será que é possível controlá-la só com a equinácea? Li que o xarope não deverá ser dado por mais de 10 dias consecutivos, mas onde comprei, disseram para dar 3 meses seguidos, e com toda esta diferença, fiquei baralhada. É possível ilucidar-me? Obrigada

    Responder
  6. Eduardo 14 de Março de 2010

    Olá Fernanda!
    Lí algo a respeito do uso da equinácea juntamente com anti-retrovirais no combate ao HIV. Você pesquisou algo neste sentido ou sabe se é recomendável ou não? Ficarei grato se puder me responder em meu e-mail.
    Obrigado.

    Responder
  7. Adelino 17 de Outubro de 2010

    Olá Fernanda!
    Estou afazer um estudo sobre uma possível produção de equináceas purpurea para cosméticos e industria farmaceutica, assim como outras plantas. Mas estou a ter dificuldades a entrar neste meio. Falta-me contactos, desde adquirir as sementes até a comecialização da planta adulta. tenho um terreno com 8 hectares com bom solo e vertente exposto a sul e com muita água que poderia utilizar. Grato pelo seu tempo em meu favor. Aguardo resposta
    Obrigado.

    Responder
  8. Paulo 9 de Maio de 2011

    ONde posso comprar sementes de equinacia ??

    Responder
  9. Paulo 9 de Maio de 2011

    Em Portugal

    Responder
  10. Maria Jose Costilhas 17 de Junho de 2011

    Boa noite
    Faço a mesma pergunta do Paulo !
    Onde posso comprar sementes de equinacia?
    Fico esperando
    Muito grata

    Responder
  11. idalina Silva 8 de Outubro de 2011

    Olá Fernanda não queria incomodá-la também , mas gostaria que me ajudasse e me dissesse onde comprar aqui no norte do país, semente de equinacea. Obrigada, beijo.

    Responder
  12. Sofia Lucas 11 de Novembro de 2011

    Boa tarde,eu gostaria muito de saber qual é a diferença entre tintura e extrato de equinácea.
    Tenho asma e rinite alérgica e gostava de saber qual é o mais indicado para mim!
    Agradeço muito a sua atenção,
    Sofia Lucas

    Responder
  13. jose herminio figueiredo 18 de Novembro de 2011

    Resido Concelho Oliveira Frades/Distrito Viseu.Li seu documentário sobre Equinácea, páginas 40 e 41 da revista JARDINS Novembro 2011, e confesso que gostei.
    Como tenho pequena casa com jardim, desde há pouco tempo, gostaria de me aventurar na plantação desta planta (talvez a Equinacea purpurea), e descobrir as suas propriedades miraculosas, e ainda motivado pelo desejo de utilidade, que não seja só beleza e/ou perfume.
    Se me pudesse arranjar umas sementes, ficava-lhe grato ou, o local onde as poderei adquirir.
    Só fiquei sem saber,se a planta pode ser criada em vasos, se tolera as geadas, e já agora, sem querer abusar, a forma de fazer pomada!Obrigado pela atenção.

    Responder
  14. jose herminio figueiredo 18 de Novembro de 2011

    Bom!É só para dizer que Jose herminio figueiredo de Oliveira Frades/Distrito Viseu, tem seguinte emãil:
    joseherm@sapo.pt

    Responder
  15. Guilherme Toledo 16 de Janeiro de 2012

    Olha gente, os comprimidos de equinacea sao bem mais confiaveis de que adquirir a propria planta e acabar consumindo uma dosagem irregular da mesma. Para gripes, rinites e resfriados em geral o bacana é usar o oléo de Copaiba, que pode ser encotrado facilmente na internet, no site amazon também se encontra . Espero ter ajudado.

    Responder
  16. Silvio 28 de Abril de 2012

    como comprar e onde a eschinacea purpures em sementes ? Por favor me ajudem. Obrigado

    Responder
  17. Fatima Cavalari 25 de Agosto de 2012

    Olá, li seu blog e me interessei muito, meu filho tem 5 anos e tem rinite e suas complicacões constantemente, gostaria de saber se posso dar a ele equinacea? qual a dosagem para a idade dele e comodar (tituta ou …) obrigada.

    Responder
  18. maria helena 27 de Dezembro de 2013

    onde comprar semente de equinácea?digo semente, no singular,porque realmente quero ter um ou no máximo três pés de equinácea, para uso da família e amigos necessitados.

    Responder
  19. lourdes 31 de Outubro de 2016

    Bom dia sr d. Fernanda;

    Gostaria que me desse a dica como encontrar sementes de equinácia para plantar e se estas mesmas sementes, podem-se usar para os mesmos efeitos.
    Atenciosamente,
    lourdes C.

    Responder

Deixe o seu comentário Patrícia Cancelar comentário

Your email address will not be published. Required fields are marked *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

Ir para o topo