Bambus: Cuidados a ter na Plantação

Categorias: As Dicas, Dicas Práticas, Featured

Tags: , , ,

Comentários: 49 comentários | Partilhar!

feature photo

O planta do bambu está presente originalmente em todos os continentes com excepção da Europa. Pertence à família das gramíneas e é a planta que possui o mais rápido crescimento alguma vez registado em todo o mundo.

Em Portugal esteve e penso que continua a estar muito na moda, sobretudo para formar sebes. É uma planta agradável esteticamente, transmite uma certa paz, permanece verde todo o ano (perene), apresenta um impressionante e rápido crescimento em altura e uma espectacular expansão ao nível do solo. É também considerada uma exótica com características invasoras e é exactamente por isso que resolvi escolher este tema.

No decorrer da minha actividade têm-me surgido por diversas vezes casos bastante críticos de plantações “mal realizadas” de bambus que acabam por se transformar em verdadeiras tragédias; quando refiro mal realizadas falo mais especificamente na falta de informação que existe no que respeita a esta matéria. Os maus resultados podem ser evitados se se respeitarem alguns princípios básicos.

Quando se pensa na instalação de uma sebe seja de bambus ou outra, importa conhecer as características inerente à espécie. No caso dos bambus e devido às suas particularidades deve ter-se uma atenção especial a sua instalação.
É uma planta que se desenvolve e cresce (alastra) através de rizomas subterrâneos que circulam a alguns cm de profundidade e que irrompem em todo e qualquer lugar. O único recurso de que necessita é a água em abundância. Por vezes os rizomas aparecem a vários metros de distância da planta mãe e muitas vezes aparecem fora do local que tinha sido predestinado. Neste caso o que fazer?

Mesmo detectado no início da “contaminação”, do solo, já pouco há a fazer; tentar retirar todos os rizomas é uma tarefa que se torna impossível já que basta que apenas tenha restado um pequeno pedaço dum rizoma viável para a situação se voltar a repetir. Substituir totalmente o solo? Esta opção é economicamente pouco recomendável e em jardins com alguma dimensão torna-se completamente irrealizável.
Então a solução não passa por “tratamentos curativos mas sim preventivos” ou seja quando se pretende utilizar esta espécie devem ser tomadas todas as precauções para que as raízes e seus rizomas não tenham maneira de se expandir fora da área reservada.
Para isso a colocação de uma barreira física sólida impede que haja contaminações exteriores.

Antes da plantação deve ser aberta uma vala com uma profundidade de cerca de 1m e colocada a barreira fisica escolhida. Por exemplo a colocação de uma tela plástica resistente (ver imagem), uma tela anti-raízes, um murete em cimento, ou outra que seja resistente.
Devemos ter ainda mais atenção quando a plantação ocorre junto a terrenos vizinhos, pois o risco de o contaminar é grande e mesmo que exista um muro em pedra a separar os terrenos, se não estiver devidamente estabilizado com cimento não constituí uma barreira eficaz, sendo necessário colocar tela nos dois lados da plantação, protegendo por um lado o jardim e por outro o terreno vizinho.
Penso que este é o aspecto mais importante a ter em conta na plantação de Bambus e espero com ele ter demonstrado que mais vale prevenir que remediar. Os custos da colocação das telas são muito pequenos se os comparamos aos problemas que poderão surgir na contaminação de um terreno de um vizinho. Por isso não esqueçam das regras básicas e informem-se antes de tormarem qualquer decisão.

Partilhar!
  • Facebook
  • Twitter
  • MySpace
  • Digg
  • Live
  • del.icio.us
  • Google Bookmarks
  • NewsVine
  • StumbleUpon
  • Reddit
  • Technorati
  • LinkArena
  • LinkedIn

Sobre o autor

O Autor

DIOGO RICOU é o responsável técnico da empresa Monteiro & Ricou, lda. Licenciado em Engenharia Agrícola pela Universidade dos Açores. Desde sempre que esteve ligado a esta área. É formador nas áreas da jardinagem, nomeadamente planeamento de jardins e dá aulas ao curso CEF jardinagem no ensino público. A monteiro & Ricou presta serviços de consultadoria, gestão de obras, construção de jardins, implantação e projecto de sistemas de rega, instalação de jardins verticais, agricultura, paisagismo. www.monteiroricou.blogspot.com

Comentários

Existem 49 comentários, deixe o seu

  • O que era importante era as empresas de jardinagem saberem aconselhar. Infelizmente isso não acontece, salvo raras excepções, pois só querem vender e a maioria dos empregados não percebe nada de jardinagem, nem de plantas nem de jardins. Não sabem plantar, não sabem podar, não sabem nada. Numa palavra… só sabem vender.

  • Tive este problema, mas penso que o resolvi. Cortei os bambus rentes ao solo e pincelei com ROUNDP. De qualquer modo se houver informação complementar agradeço.

  • BOAS.
    GOSTEI DA PEQUENA DICA SOBRE BAMBUS.
    FACO JARDINAGEM EM PART-TIME E É PURA VERDADE O BAMBU ALASTRA COM FACILIDADE TÊM QUE SE CONTROLAR LOGO NO INICIO CASO CONTRÁRIO É UMA PRAGA.

  • Achei o artigo muito muito útil. Adoro bambus e já coloquei alguns junto dum pequeno lago no jardim. Estão espectaculares e vou ter em atenção esse problema de alastrarem com facilidade. Obrigada pela dica.

  • Parabéns e obrigado! Aí está uma dica interessante e que dificilmente se obtem nos viveiros ou empresas de jardinagem como refere a Teresa Sampaio, infelizmente em Portugal não existe ainda o conceito britânico dos jardins em que estes para além de um hobby, são uma paixão. Gostaria no entanto que aprofundasse um pouco mais, por exemplo no que toca à sua manutenção que tipo de fertilizante deverei aplicar

  • Parabéns
    Adorei a dica. Efectivamente espalha-se muito, e quase que é considerado como uma praga. Mas a idéia da vedação é fantástica, só espero arranjar alguém que perceba do assunto.
    Muito obrigada
    Boas Festas
    Ilda Bravo

  • No meu jardim particular, fiz um buraco com 1mt e construi uma floreira de 5cm de espessura, encostada a um muro… de comprimento tem 12mt . No que eu chamo de cimento duro. O cimento duro tem 1 parte pedra 2 partes areia e 1 parte cimento. É colocado aos poucos e calcado com algo, para apertar. Do lado dentro coloquei uma camada fina e alisei para tapar qualquer furo.
    O bamboo, principalmente a cana-da-india são espécies de crescimento de raízes muito fortes. conseguem por vezes ir mais fundo que os 1,5mt, também conseguem encontrar pequenas ranhuras, e se tal acontece conseguem partir blocos de cimento maçiços sem dificuldade, é apenas uma questão de tempo.
    As raízes à superficie costumam ficar de tal modo entrelaçadas que é muito difícil corta-las, mesmo com machado.
    É bonito, não é exigente mas tem que se ter cuidado com o plantio. Mais vale demorar mais um pouco na preparação do que em 10 anos ter de usar maquinas para se “livrar” dele.
    Haa… gosta de canos de água. Conheço um caso de aparecerem rizomas num telhado a 4mt de altura.

  • Achei a soluçao da barreira com a tela muito interessante

    Gostava como a Vera Costa de saber mais sobre manutençao tipo de rega e solo ideal.
    Quem tiver problemas de Bambus a mais diga-me que se for perto de Leiria eu vou buscar.
    Miguel Esteves 913559591

  • Ainda bem que encontrei um sábio para orintar-me,pois logo fui resolver o que seria um problema no futuro.
    Obrigado.

  • Gostaria de saber se mesmo o bambú mais fino tem esse tipo de problema. Estava a pensar plantá-lo entre o muro de um vizinho “sensível” e a minha piscina de betão, Nesse espaço existe rega gota a gota.
    A outra alternativa é pôr uma rede com jasmim. Alguém sabe se as raízes do jasmim são problemáticas?
    Para quem tem jardins pequenos, o tem das raízes é muito útil. Seria nteressante desenvolvê-lo neste site

  • Ola Maria Pereira.
    Se fôr bamboo faz o mesmo desde que goste do ambiente (terra/agua/luz). Sabes se essa espécie cresce muito em altura? Conheço uma regra interessante para o bamboo, a altura da cana serve de guia para a profundidade das raízes. Disseram-me que conte sempre que elas aprofundam pelo menos metade do comprimento da média das canas.
    Será que o muro para esse vizinho é bem vedado? As paredes da piscina são grossas?
    Jasmim não costuma dar problema.

  • Estimados, bom dia

    Após análise cuidada do texto e seus comentários ácerca deste tema tão interessante, pelo qual, desde já felicito o Sr. Ricou pela iniciativa, deparo-me realmente com a situação de uma falta de conhecimento enorme sobre esta planta tão exóctica e magnifica como é o bambu.
    Sendo uma planta tão em moda nos ultimos tempos, disponibilizo-me em partilhar todo o nosso conhecimento para fomentar uma maior e correcta utilização do bambu.
    Existem mais de 1250 espécies em todo o mundo e dia-a-dia vão sendo descobertas novas o que nos faz pensar que serão muitas mais. Todas elas têm particularidades muito singulares, desde o seu crescimento, ás suas cores, ao formato das suas canas. Todas elas têm adaptações distintas tendo em conta vários pontos, seja a qualidade dos solos (sendo que o pH ideal se situa nos 7), clima ou local geográfico, no entanto conseguimos encontrar variedades muito resistentes à falta de água, assim como a terrenos levemente calcários. è sem dúvida uma planta multifacetada.
    Conselho – O bambu não é uma planta de água. É mais fácil recuperar um bambu de uma seca do que de um excesso de água.
    Quanto ao seu rizoma, não existem só os bambus de rizoma expansivo, existem também bambus de rizoma não-expansivo onde o seu sistema radicular cresce em tufo na vertical e não na horizontal, assim mesmo permitam-me afirmar com toda a convicção que mesmo os bambus expansivos nos dão a possibilidade de comandar, conforme a nossa vontade, o seu desenvolvimento, através de uma correcta aplicação da barreira anti-rizoma, além de que vos posso garantir que o rizoma do bambu, na sua generalidade, não se desenvolve abaixo dos 70 cm do solo, creio puder sustentar esta afirmação pelos nossos conhecimentos de mais de 40 anos no mundo do bambu.
    É tudo uma questão de escolher acertadamente.
    O bambu é uma paixão
    Helder Carvalho

  • Estimado Sr. Mestre Bonsai.
    Peço desculpas antecipadas mas o Sr. demonstra um grande e grave desconhecimento ácerca do bambu.
    Essa história das canas é simplesmente irreal.
    O rizoma do bambu garantidamente nunca se expande mais de 70 cm abaixo do solo.
    EXISTEM BAMBUS NÃO EXPANSIVOS
    Ex: Bambusa, dendrocallamus, fargesia, etc…

  • gostava de um conselho tenho uma floreira com 15 m de comprimento e 20 cm de largura e gostava de plantar cana da india sera possivel ou sera que a floreira parte e se tambem havera possibilidade de haver contaminaçao do solo.

  • Eu sou produtor de cana da india e confirmo que pelo menos a variedade q eu produzo que é a mais vulgar, não aparenta nada dessas infestantes que falam por aí, basta ter uma barreira de cerca de 20 cm abaixo do solo e elas já não passam e se cortar as canas à medida q vão nascendo, quando o solo estiver ocupado com as raizes velhas deixam de nascer mais, mas até a uma cana q sejam cortadas todas as folhas ela morre não precisa nada de produtos quimicos, essas pessoas devem-se estar a referir às canas vulgares que aparecem nos valados, essas sim são uma autêntica praga.
    Se por acaso alguem souber em Portugal onde poderei adquirir outras variedades eu agradecia a informação.

  • Boa tarde.
    Tenho uma vivenda separada da do vizinho por um muro.
    O meu vizinho plantou canas de Bambu junto a esse muro há cerca de uns 8 anos.
    As canas atingiram uma altura já superior a 10 metros e há meses caiu o muro.
    Não tenho dúvidas que o muro caiu por causa da pressão das raizes dos bambus. Contudo, o vizinho não aceita a responsabilidade e não aceita assumir qualquer tipo de encargos com a reconstrução do muro, afirmando ainda que o muro é que estava mal construido. Não aceita inclusivé retirar os bambus.
    Eu não avanço com a reconstrução pois acho que a responsabilidade é dele e acho que se reconstruir o muro os bambus irão com o tempo dar cabo novamente do muro.
    Gostaria que me informassem se existe alguma legislação que limite a altura dos bambus e que entidade me poderá dar um parecer com validade jurídica para sustentar um processo judicial.
    Obrigado

  • socorro!!!
    fiz o muro, circunscrevi a área, mas ele elevou o chão e está a expandir! O q fazer agora??? como travar,o q é económicamente mais aconselhavel? Vivo em Braga, se houver alguém, sério e entendido contactem!

  • As minhas canas da Índia estavam a tomar proporções para lá do razoável. Então decidi cortá-las a cerca de dois metros do solo deixando alguns rebentos laterias com folhas (braças) no tronco. Será que vão morrer?

  • Gostaria de adquirir caanas de bambu (aquelas que atingem 10 com de diametro), mas não encontro à venda. Alguem me pode dizer onde as posso comprar ?
    Obrigado
    AM

  • Alguém sabe onde posso comprar canas de bambu (pequenas) em grande quantidade???? Obrigado, aguardo respostas…

  • Para qualquer dúvida, consulte por favor

    http://www.bambuparque.com
    dep.comercial@bambuparque.com

    Mais de 40 anos de experiencia na aplicação de bambus como ornamentais.

    Helder Carvalho

  • HA MESMO UMA VARIEDADE DE BANBU CONHECIDA COMO BANBU COALA, COMO DEVO CULTIVALA EM VASO COM AGUA DENTRO DE CASA E COMO UTILIZAR CARVÃO VEGETAL DENTRO DO VASO JUNTO COMA A GUA. AOBRIGADO AGUARDO RESPOSTA E ESTOU A DISPOSIÇÃO PARA QUALQUAR DUVIDA AQUI EM PETROLINA-PE NO VALE DO SÃO FRANCO

  • Parabéns pela matéria!
    Tenho Bambus em um vaso com pedra e água. Gostaria de saber como posso mantê-los?

  • Onde posso comprar barreira anti-riozomas?

  • Cumprimentos a todos os users do fórum Portal do Jardim, nomeadamente ao Antonio Mega.
    Só agora tive conhecimento deste tópico e por isso tomei a iniciativa de colocar este post.
    Tenho uma plantação de canas da Índia, vulgarmente conhecida no Minho por “cana preta” e que no passado tinham por principal utilidade a feitura de cestas e cestos para a vindima, mas nos dias de hoje é mais utilizada em artesanato.
    Informo que as canas, centenas delas têm o diâmetro descrito (10 cm) e 4,5 ou 6 metros de altura.
    A quem interessar a compra de canas da Índia, é favor contactar-me através do e-mail: jmcldias@gmail.com.
    José Dias

  • Estimado Sr. Helder Carvalho

    É antigo o comentario mas nem sabia que o tinha feito.

    É a diferença entre teoria e prática, assim desafio-o a vir ajudar-me no meu jardim a livrar-me de rizomas que estão a mais de 1,10mt (para já que não escavei mais fundo).
    Cumprimentos

  • Boas, gostava de plantar bambu gigante para construção, qual e a melhor altura para plantar em Portugal e já agora onde posso adquirir sementes. Obrigado

  • Boa tarde,

    Gostaria de saber como posso destruir o bambu? Ao serem cortados voltaram a crescer, já rebentaram com o cimento e continuam a proliferar…

  • boa tarde
    as minhas canas da índia estão “cheias” de piolho o que dá origem ??, penso eu … a uma substancia viscosa e que prejudica as outras plantas que estão junto ás canas.
    Podes, sff, dizer.me como elimino o piolho das canas ???
    obrigado

  • Iniciei uma plantação de Bambus há cerca de 8 anos.No momento por construirmos um anexo no local,queremos transplantar os bambus.Como fazê-lo?
    2- Pretendemos coloca-los num canteiro próximo a casa, corremos algum risco?
    Obrigada

  • Boa tarde tenho, tenho um terraço com largura de 4 m pensei em comprar uns vasos grandes de plastico e por la o bambu. Gostava de saber a vossa opiniao?

  • Posso plantar uma trepadeira ”sapatinho de judia” perto de um bambuzal? Gostaria que ela enrolasse num arco de bambu. Obrigada.

  • gostaria de saber onde adquirir bambus (canas mais espessas) para plantar num terreno.
    e já agora se souberem de preços, agradeço

  • boas gostava de saber onde posso comprar bambus gigantes de construção em semente para plantar, com preço qualidades e medidas. Em Portugal SFF OBRIGADO

  • Bom dia. Alguém me sabe dizer quanto tempo demora a crescer o bambu? Qual a margem de progressão caso tenha as condições necessárias?
    Muito obrigado.
    Cumprimentos

  • Bom Tarde! Comprei uma moradia há 5 anos em face de construção, no terreno só existia 4 azevinhos grandes, como sempre gostei de bambus então pensei em comprar uns quantos, mas quando fui ver os preços achei bastante caro só 5 pés de bambus, acabei por não os trazer, qual o meu espanto! Quando olhei para a quinta que fica ao lado da minha casa…vi que tinha um matagal de bambus, pensei, ora nem mais vou pedir à Senhora se posso apanhar uns quantos, e assim o fiz, moral da historia, já passaram 5 anos e os bambus invadiram tudo que era sitio, na altura que plantei os bambus fiz tudo direitinho criei uma barreira com 30 cm de profundidade com tijolo burro, que acabou por não ser eficaz porque na altura que os plantei desconhecia … como diz e muito bem o Sr. Hélder Carvalho, os rizomas cresce em tufo na vertical e não na horizontal. A minha questão é a seguinte como quero acabar com os bambus radicalmente o que posso fazer? . Outra coisa…posso dar os bambus todos que estão no meu jardim, altura deles é 5 metros, quem quiser, a moradia fica localizada no Minho fica entre moledo e caminha e só dizer. Meu email
    panpsilva@gmail.com

  • Só plantei há 5 meses mas coloquei uma chapa de 5 a 6 metros comprimento e 60 cm altura
    Vamos ver se vai resultar

  • Olá a todos.
    Tenho bambus que terão de ser cortados e outros que irão ser transplantados tendo em conta as dicas do “portal do jardim”. Temos plantas para comercializar quer para plantar quer as varas cortadas com diversas alturas e secções. Vou tentar saber o nome da variedade de bambu que temos. Estamos na zona de Beja. Tm 93 323 80 97

  • Tenho um canteiro de bambu (HIBANO) penso seja o nome técnico para fazer sebe.
    Quero fazer transplantação para outro canteiro. Gostaria de saber quando e como se pode fazer.
    Obrigado

  • tenho um quintal com um muro para o vizinho “sensivel” e gostaria de plantar um arbusto ou uma planta de pequeno porte, raiz pequena e de pouca manutencao. grata desde ja pela ajuda

  • Querem fazer mal a alguém plantem-lhe bambus no jardim, p… de praga!
    Bambus sempre em vasos, grandes, pequenos, floreiras, mas sempre controlados. Esqueçam a barreira de contenção muito menos a tela que se vê na imagem, os bambus rebentam vasos de PVC fortes quanto mais tela de encosto!
    Estou com o meu quintal/jardim/pomar minado, vizinho inclusive, depois de todas as técnicas para matar bambu que já apliquei, vou agora aplicar o método “cozinhar bambu” é a minha ultima tentativa caso contrário retroescavadora.
    Ando a evitar a retroescavadora pois o uso da mesma vai implicar sistema de bomba de água e rega novo, circuito de iluminação, novo relvado e a ver vamos se consigo poupar o pomar.
    Também ofereço todo o bambu que quiserem só tem de o vir buscar a V. N. de Cerveira, continuo a gostar muito de bambu mas…em VASO.

  • Achei muito interessante toda esta discussão. Também me deparo com o problema de canas da india que crescem num terreno que acabei de comprar e que penso ir ter o problema da invasão e não conseguir livrar-me delas.
    Gostava de saber o que o André Lima quer dizer com o “cozinhar bambu”. Será que sou eu que ainda não percebo certos termos?
    Agradeço que me explique e desculpe alguma ignorância…

  • Muito interessante e útil, tenho uma casa no Minho, o vizinho colocou bambu, está a invadir minha propriedade! Corto e volta a nascer, um horror!
    Ainda pensei em colocar em vasos no Porto, mas depois destes comentários, nem pensar!!!
    Obrigada a todos.

  • bom dia,gostava se possivel de me informar ,tenho um visinho que pôs encostado ao meu muro uma quantidade de bambus que cresceram um metro de muro que eu, tenho depois acrescentou mais chapas de 2 metros de altura para proteger o meu quintal mesmo assim as canas já ultrapassam a altura mais 2 ou 3 metros ,de inverno com o vento e uma barulheira que incomoda os meus filhos que dormem perto do muro,será que a alguma lei que possa fazer com que eles tenham que tirar as canas?obrigada

  • Muito bom a partilhas destas experiências. Já que precisam de se livrar deles, talvez possam vender a um preço mais agradável do que estão nos viveiros
    Preciso de plantas de bambu (para grandes vasos) que atinjam a altura de 5 /6 metros. para esconder um muro horrivel que um vizinho construiu.
    Contacto; garridas@sapo.pt
    Obrigada

  • Boa noite, temos um jardim com uma piscina em fibra. Será “seguro” plantar bambu perto da mesma? O Bambu conseguirá furar a parede da piscina ou danificar os respetivos canos?

    Muito obrigado.

  • Nota-se muito desconhecimento…
    Se é verdade que há variedades invasivas também há variedades não invasivas , mesmo sem barreira nenhuma.
    Crescem em tufos e não invadem nada, com os anos o tufo fica maior e pode ser dividido para plantar noutro sitio, mas não alastra para lugar nenhum (bambus rizoma paquimorfo).
    Antes de comprar leiam a ficha técnica.
    Por exemplo :
    https://www.planfor.pt/comprar,bambu-fargesia-robusta-campbell,9321,PO#ficha-tecnica

  • Fica aqui o meu contributo. Tenho vários tipos de bambus, invasivos e não invasivos. É necessário ler um pouco sobre o tipo de bambu antes de comprar. Posso dizer que os do tipo fargesia ou bambusa, entre outros, não são nada invasivos. Tenho uma vedação feita com eles, sem barreira, e não tenho qualquer problema. São 30 metros e os mesmos tem uns 6 mts de altura. Existem barreiras para conter os mais invasivos e que funcionam perfeitamente quando aplicados corretamente desde o início.

  • Gostei da reportagem, mas gostaria de saber se o bambu tipo india pode danificar a fundação de uma construção?

Deixe o seu comentário!

nome
(obrigatório)
e-mail
(obrigatório) (não será mostrado)
website
comentário
 

Relacionados

Produtos Seleccionados

pub



Secções
em Destaque

As Dicas
Conselhos úteis!
Plantas Ornamentais
Rosas, Orquídeas e muito mais!

Junte-se
a nós!




PUB

Votação

  • Pensa adquirir ou já adquiriu algum equipamento a bateria para manutenção dos jardins?

    Ver Resultados

    Loading ... Loading ...

Jardineiros
online

  • 17 Jardineiros Online
  • Jardineiros: 17 Convidados