A CARREGAR

Type to search

O jardim ideal para quem quer ter um espaço onde relaxar durante o fim-de-semana com o mínimo de cuidados, deve usar plantas robustas e que não se importem com alguma sombra, ou adequadas ao sol que o espaço recebe. Plantas perenes com folhagem interessante, florações anuais ou rotação de plantas de maneira a conseguir ter floração na maior parte do ano.

Evitar relvados, usar pavimentos que podem ser mais naturalistas como pedra e gravilha ideal para pequenos espaços.

Hostas e fetos são ideais para situações mais sombrias e um ponto focal com vasos e topiário, ou um elemento de água que não necessite de grande manutenção.

Evitar plantas muito evasivas e plantas muito exigentes a nível de cuidados. Se o espaço for pequeno utilize bastante as trepadeiras como a Hydrangea para criar um ambiente mais acolhedor e que de a sensação de estarmos num pequeno refúgio verde.

Pode também utilizar floreiras para conseguir ter um maior controlo sobre as suas plantas. Não esquecer que por mais pequeno que seja o seu jardim, nos canteiros e floreiras, a rega continua a ser um cuidado fundamental, sistemas de rega gota-a-gota são relativamente simples de instalar e automatizados deixam de ser uma preocupação no dia-a-dia.

Sugestões de plantas:

Liriope

Perenes folhagem

Liriope variegada

Barba-de-judeu

Heuchera

Soagem

Aquilegia canadensis

Perenes com flor

Aquilegia canadensis

Mertensia virginica

Begonia grandis

Corydalis lutea

Hydrangea quercifolia

Arbustos e trepadeiras

Trepadeira-do-Japao

Hydrangea quercifolia

Ilex glabra “Nana”

Callicarpa americana

Tradescantia pallida

Anuais

Browallia “Blue Troll”

Alegria-do-Lar “Super Elfin Mix”

Lobélia “String of Pearls”

Tradescantia pallida

A REDACÇÃO do Portal do Jardim.com, conjuntamente com todos os seus contribuidores, prepara artigos e notícias do seu interesse, mantendo-o ao corrente do que se passa sobre o Jardim, em Portugal e no Mundo.

Tags:

Talvez goste deste artigo

1 Comments

  1. Ana Sacramento 6 de Junho de 2013

    Quando apresentam listas de sugestões, deveriam manter uma uniformidade na nomenclatura das plantas, designando-as pelo seu nome científico em latim. Podiam acrescentar entre parêntesis o nome comum, mas não misturar tudo.

    Responder

Deixe o seu comentário

Your email address will not be published. Required fields are marked *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

Ir para o topo