A CARREGAR

Type to search

Mostarda-negra Brassica nigra Crucifera ou Brassicácea

Existem vários tipos de mostarda, a preta, amarela, castanha, branca.

A mais frequente em Portugal é a B.nigra,  é uma planta muito comum, silvestre cujas folhas apresentam um sabor picante e podem juntar-se em saladas, sopas, omeletes, fazer pestos ou outros molhos. Combinam bem com louro, malaguetas, coentros, cominhos, endro, funcho, alho, estragão, salsa, pimenta e curcuma. As suas flores de cor amarela, também são comestíveis embora levemente amargas, podem adicionar-se aos pratos como guarnição.

Os rebentos de mostarda são fáceis de preparar em casa, podendo depois adicionar-se em sandes, sopas ou saladas.

A mostarda é rica em sais minerais como cálcio, e vitaminas A, B e C.

É estimulante da circulação, antibiótica e vasodilatadora.

Usa-se o pó de mostarda em cataplasmas para estimular a circulação, frieiras, pés frios ou pernas doridas. Testar primeiro numa pequena superfície de pele pois pode causar alergias.

A parte mais utilizada, no entanto são as sementes, moídas ou em grão, pelo sabor pungente, sabor esse, que é determinado por uma enzima, a mirosinase, que é ativada pela água.

FERNANDA BOTELHO nasceu em Tojeira/Sintra em agosto de 1959.
Aos 18 anos viaja para Londres onde estuda antroposofia e plantas medicinais e pedagogia Montessori.
Fez o curso de guia de jardim botânico com a Alexandra Escudeiros e gostou tanto que repetiu no ano seguinte.
Apaixonada por jardins botânicos, é frequentadora assídua de Kew gardens. Absorve o que vê, fotografando e escrevendo.
Publica anualmente desde 2010 agendas de plantas medicinais, três livros infantis “Salada de flores” “Sementes à solta” e “Hortas aromáticas”. “As plantas e a saúde, guia de remédios caseiros”. É colaboradora do programa Eco-escolas desenvolvendo projetos de plantas medicinais e hortas sustentáveis nos espaços escolares com professores e alunos.
É convidada regular da RTP 1, organiza passeios botânicos e dá workshops sobre plantas medicinais.
Blogue Malva Silvestre.

Tags:

1 Comments

  1. Rozair Ferreira 24 de Agosto de 2014

    Essas características da mostarda possui, eu não sabia sobre elas, e fiquei feliz em conhecê-las.Obrigada. Rozair

    Responder

Deixe o seu comentário

Your email address will not be published. Required fields are marked *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

Ir para o topo