A CARREGAR

Type to search

Orquídeas Zygopetalum

Para além de serem muito atrativas, com flores de bons tamanhos, bonitas cores com as sépalas e pétalas entre o verde e o castanho, muitas vezes manchadas e o labelo com um forte rosa, cor de vinho, azul ou branco, os Zygopetalum têm também um forte e agradável perfume. Tudo predicados que abonam a seu favor.
O género é composto por cerca de quinze espécies originárias da América do Sul em países como o Peru, Bolívia, Paraguai, Argentina e principalmente no Brasil onde existem todas as espécies. Vivem em locais húmidos a baixa e média altitude e crescem tanto no solo florestal, como em fissuras de rochedos e também em árvores.
Zygopetalum Rheim Harlequin 'Select'

Zygopetalum Rheim Harlequin ‘Select’

São plantas fáceis de cultivar. Os vasos podem ser variados e a gosto de quem cultiva, desde os simples vasos de plástico, passando pelos vasos de barro e cestos. Não são plantas exigentes nesse aspeto. Os seus requisitos são mais no que conta ao substrato e à drenagem do mesmo. São plantas que gostam de estar sempre meio húmidas mas sem que o substrato esteja empapado em água. As raízes precisam de respirar. Muitas vezes crescem até para fora do vaso, onde devem permanecer. Assim, o substrato deverá reter alguma humidade mas tendo um bom arejamento e drenagem. Usam-se materiais como casca de pinheiro média (2-3cm), fibra de coco grossa e podemos juntar um pouco de perlite ou musgo de esfagno. Quando esses materiais ficam muito decompostos, com o passar do tempo, é altura de serem substituídos por novos.
Os Zygopetalum são orquídeas que não têm período de repouso. A planta ou está a florir ou a desenvolver novos pseudobolbos e folhas.
Zygopetalum

Zygopetalum

No inverno, com o frio, esse desenvolvimento é mais lento. As temperaturas ideais para cultivar estas orquídeas variam entre os 14 e os 28 graus centígrados mas podem ser cultivadas todo o ano no exterior desde que as plantas fiquem protegidas da chuva, das geadas, do sol direto durante as horas de maior calor e que fiquem num local bem arejado. No pino do Varão, deverão ser colocados num local mais à sombra e fresco. Se conseguir estas condições, experimente cultiva-los no exterior, senão, em casa, junto a uma janela sem sol direto, é o ideal. E espere pela primavera para colocar os seus Zygopetalum na rua, o ideal é quando as temperaturas começam a subir e assim a planta tem bastante tempo para, lentamente, se adaptar às variações de temperatura e ao local de cultivo.
São relativamente fáceis de encontrar nos centros de jardinagem especializados. Normalmente são mais comuns os híbridos de flores muito belas e perfumadas. Definitivamente orquídeas obrigatórias em qualquer coleção.
Zygopetalum híbrido

Zygopetalum híbrido

O C.O.P. – CLUBE DOS ORQUIDÓFILOS DE PORTUGAL é uma associação sem fins lucrativos que tem como objetivo juntar os portugueses que gostam de orquídeas divulgando estas jóias botânicas, tanto no seu cultivo como plantas ornamentais, como também na sua história e em todos os aspetos em que as orquídeas estão presentes na sociedade e cultura.

Aberto a gente de todas as idades, o clube tem já associados spalhados por Portugal continental e ilhas. A partilha de experiências terá lugar em encontros, workshops, cursos, presença na internet (Webpage, Blog, Facebook, Youtube, etc), publicações, exposições e concursos, pequenos passeios pela natureza e grandes viagens pelo mundo. Onde houver orquídeas, nós estaremos lá!
Website Clube Orquidófilos Portugal

Tags:

Talvez goste deste artigo

11 Comments

  1. Cristina Valente 14 de Janeiro de 2016

    Gostei bastante. Fácil de entender e muito esclarecedor.

    Responder
  2. Julia 17 de Março de 2016

    como creer tanto que se habla ver aqui a ver que os parece

    Responder
  3. vera zucchi 6 de Junho de 2016

    artigo bem esclarecedor obrigada, comprei uma muda desta espécie e irei plantar.

    Responder
  4. Cleusa 12 de Agosto de 2016

    Comprei uma e agora tive essas dicas de como cuidar

    Responder
  5. Rosa Adriana Leite 28 de Maio de 2017

    Gosto muito de orquídeas embora tenha poucos conhecimentos sobre a forma de as cuidar. Comprei uma Zygopetalum e fiquei muito agradecida e satisfeita com as vossas explicações. Vamos ver se vou conseguir conservá-la.

    Responder
  6. Belenice A E Trazzi 18 de Julho de 2017

    Ganhei uma zygopetalum e está acabando a florada.
    Seria interessante replantar ? Percebo que no vaso existem 03 mudas – Posso separar sem problemas?
    obrigada

    Responder
  7. Dalva de jesus sousa vavoliza 26 de Julho de 2017

    Obrigado por me escatecer a respeito da orquidea zygopetalum

    Responder
  8. Belenice A E Trazzi 28 de Julho de 2017

    Gostei muito deste site
    como faço para me tornar sócia deste clube?
    obrigada

    Responder
  9. muito bom ter visto esta materia sobre a zygopetalum moro em um sitio e descobrir que tenho dela em abundancia

    Gostaria de saber se posso conserva las no xaxim ou posso coloca las tambem em arvores e se elas possuem um nome popular.

    Responder
  10. Rosa Adriana Leite 14 de Abril de 2018

    Gosto muito das orquídeas Zygopetalum mas não tenho sido muito feliz com elas. Já tive duas diferentes mas acabaram por morrer.Tinha-as dentro de casa, junto a uma janela, sem sol direto mas boa luminosidade. Parecia que estavam bem mas as folhas verdes tornaram-se escuras e apodreceram e depois morreu toda a planta. Recentemente comprei mais duas mas tenho a impressão que está a acontecer o mesmo.
    Será por ter o ar seco pelo aquecimento da casa? Tenho receio de pô-las no exterior pois vivo no norte de Portugal que é frio no inverno. Alguém poderá ajudar-me? Desde já agradeço.

    Responder
  11. Kelly 17 de Abril de 2018

    Me apaixonei de cara por esta orquídea

    Responder

Deixe o seu comentário

Your email address will not be published. Required fields are marked *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

Ir para o topo