A CARREGAR

Type to search

As Chagas ou Capuchinhas

[img]https://www.portaldojardim.com/artigos/plantas_saberes/chagas080507/abertura.jpg[/img]

[i]Fotos: Fernanda Botelho[/i]

Estas belíssimas flores de cor amarela, laranja ou carmim, (estas mais raras), também conhecidas por nastúrcios ou mastruço do Perú por serem originárias da América do sul de onde foram trazidas para a europa pelos conquistadores no século XVII. Era muito utilizada como planta medicinal em toda a região dos Andes.

[url=https://www.portaldojardim.com/artigos/plantas_saberes/chagas080507/01.jpg][img]https://www.portaldojardim.com/artigos/plantas_saberes/chagas080507/thumbs/01.jpg[/img][/url]
 

É um planta anual da família da família das [i]tropaeolaceas[/i], com o nome científico de [i]tropaeolum majus[/i], conhecida em inglês por [i]nasturtium[/i].é na realidade um planta invasora dos jardins e hortas mas eu diria que é uma boa praga e uma excelente companheira de hortas e pomares ajudando e fortalecendo as árvores de fruto e hortículas: quando plantada junto das abóboras, protege-as dos escaravelhos, perto dos bróculos ajudam a afastar os afídeos, sob as pereiras protegem-nas dos afídeos lanosos, é também benéfica para as batateiras, couves e rabanetes, quando plantada nas estufas funcionam como repelente da mosca branca, caso aparecem sinais de pulgões nas chagas, é sinal de solo deficiente em calcário, para resolver este problema, polvilhe as capuchinhas com cal em pó.

As chagas inseridas num conjunto de plantas.

As chagas inseridas num conjunto de plantas.

As chagas gostam de solos pobres, podem ser trepadeiras ou rasteiras, desenvolvem-se bem em pleno sol ou meia sombra.

Para além de a poder cultivar em vasos como bonita planta ornamental, saiba que é uma planta medicinal de grande utilidade e que a poderá utilizar ainda na culinária para grande deleite do seu paladar, podendo dar largas à sua criatividade na decoração de pratos e travessas pois as suas delicadas e alegres flores são comestíveis, assim como as folhas e sementes.Tem um sabor delicadamente apimentado e penetrante algo semelhante ao agrião, combina muito bem com salada fria de batata e queijo branco com cebolhinho, oregãos, hortelã, tomilho ou alecrim ou em sandes como substituto da alface, as sementes colhidas ainda jovens e tenras e depois colocadas a macerar em vinagre constituem um excelente picle, algo semelhante às alcaparras.

É muito rica em vitamina C, glicocinatos, ácido fosfórico e oxálico, enzimas e componentes antibióticos que não afectam a flora intestinal.
Uma infusão feita com as folhas frescas é muito útil na eliminação de tosse, catarro e bronquite, desobstrói as vias nasais e ajuda a eliminar expectoração.
Uma infusão de folhas e flores aumentam a resistência a infecções bacterianas e pode também ser utilizada externamente na desinfecção de feridas.
Útil ainda em lavagens para curar pequenas infecções genitais e urinárias.

Existem estudos que comprovam que as chagas ajudam a promover a formação de células vermelhas ajudando assim a combater a anemia.
Todas estas sugestões não pretendem de forma alguma funcionar como alternativa a uma consulta médica especializada.
As capuchinhas são ainda utilizadas no fabrico de champô anti-caspa ou poderá fazer uma infusão de folhas e flores e com ela enxaguar o cabelo.

Aqui ficam algumas sugestões e informações para que pense duas vezes antes de decidir erradicar as chagas do seu jardim.

Tags:

4 Comments

  1. César Medeiros 28 de Dezembro de 2009

    Olá Fernanda,

    Quero desde já congratular-lhe pelos artigos que apresenta neste portal. Conheci-o por acaso, procurava informação sobre o control biológico de mosca branca, praga que provoca graves prejuízos em tomate, morangueiro, meloa, etc. Encontrei este portal e fiquei muito satisfeito. A ligação do conhecimento das plantas aromáticas, silvestres, medicinais, ornamentais com as culturas ditas rentáveis é fundamental, na óptica de quem se preocupa com o Homem e com o ambiente.
    Neste sentido, gostaria de lhe colocar a questão. Se tivesse que colocar algumas plantas numa estufa para repelir, atrair, diminuir a mosca branca, a quais recorreria?
    Aguardo a resposta. Desde já obrigado.

    Responder
  2. celia nogueira 29 de Julho de 2012

    gostei muito das informaçoes sobre a capuchinha, mas queria saber porque os botões da minha planta não florecem, vc diz que gosta de solo pobre, plantei com terra vegetal a planta ta linda, tem sol pela manhã toda, mas os botões amarelam e caem ainda pequeninos, preciso de sua dica obrigada, célia

    Responder
  3. Lorena 18 de Abril de 2013

    Olá, gostaria de saber qual é o mês de florescência da capuchinha?

    Responder
  4. Economize com Plantas 27 de Novembro de 2015

    Legal saber que elas são utilizadas na Europa também. Aqui no interior da região onde moro, no Brasil, ela é muito utilizada.

    Responder

Deixe o seu comentário César Medeiros Cancelar comentário

Your email address will not be published. Required fields are marked *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

Ir para o topo