A CARREGAR

Type to search

Bromélias: A espécie de planta aérea mais divulgada em Portugal; Tillandsia aeranthus

A espécie de planta aérea mais divulgada em Portugal: Tillandsia aeranthus

Originária do Brasil, é chamada localmente de “cravo do mato”, pela semelhança que tem com uma poda de craveiro.

Aeranthus

Ao longo das palestras, exposições , ferias e eventos ligados às plantas ornamentais, ouço muita pessoas a dizer que têm lá pelo quintal esta planta. É de facto uma planta muito difundida em Portugal. É resistente, prolífica e floresce anualmente. Se a tratarmos como ela gosta e merece, teremos florações exuberantes em número e tamanho de flores (entre Abril e Maio) e um grande numero de rebentos. Se a tivermos abandonada á sua sorte, generosa que é, dará hastes florais de 2 a 5 flores e um ou dois rebentos…

Aeranthus

Como tratar? Luz: Muita, evitando o sol directo nos meses de Julho e Agosto. Rega: diáriamente no verão, 2 vezes por semana na primavera. Nada no outono e inverno.

Deve ser pendurada por um fio ou arame e ser colocada num local com bom arejamento (sem corrente de ar permanente).

Propagação: separação de rebentos quando estes tiverem metade do tamanho da planta mãe. Podem também ser deixadas a formar decorativos tufos (bolas).

Vale a pena experimentar ter em casa uma tillandsia aeranthus. Podemos dizer que “é muito difícil deixar morrer” esta espécie de planta aérea…

Aeranthus

Saiba mais sobre Bromélias em aqui!

JORGE FREIXIAL é professor. Tem mais de 20 anos de experiência com Bromélias, sendo esta uma família botânica que fascina pela diversidade, pela adaptabilidade e pela beleza. Algumas espécies (guzmanias e vrieseas, em especial) podem-se encontrar à venda em muitos locais, mas poucos sabem como as tratar adequadamente, poucos sabem que elas podem ter vida longa e continuá-la através dos rebentos que produzem.
Autor de artigos e livros sobre Bromélias, formador em cursos e workshops sobre esta temática sendo também produtor.
Website Bromélias do Brejo

Tags:

4 Comments

  1. Fátima Leitão 5 de Março de 2013

    Tenho esta planta ha muitos anos, não sabia como se chamava, tenho uma que as flores pequeninas outra que as dá grandes, mas coitadas andam para lá ao abandono.
    Agora já sei como tratar delas.
    Obrigada
    MF

    Responder
  2. maria tereza 29 de Abril de 2016

    oi tenho esta planta ..mas esta c tronco seco e velho..sera k posso cortar e deixar so os novos pois tem anos de casa..mas tenho medo de cortar e perder os k estao verdes
    obrigada

    Responder
  3. Luisa 2 de Agosto de 2018

    O site deste autor tem informação muito interessante e didáctica sobre estas plantas pode visitar http://www.bromeliasdobrejo.com

    Responder
  4. Susana 27 de Agosto de 2018

    Tenho uma bromélia mas não tem a “crista” rosa ou vermelha como se vê por aí. Não cresce mais.

    Obrigada

    Responder

Deixe o seu comentário

Your email address will not be published. Required fields are marked *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

Ir para o topo