A CARREGAR

Type to search

Em floração: Magnolia grandiflora

Magnolia grandiflora é uma espécie de plantas com flor da família Magnoliaceae, conhecida pelos nomes comuns de magnólia-branca e magnólia-perene, com folhas grandes, ovais e coreáceas, com distribuição natural no sueste dos Estados Unidos da América, das regiões costeiras da Carolina do Norte à região central da Florida, e para oeste até ao leste do Texas e Oklahoma, onde ocorre nas florestas subtropicais das terras baixas. A espécie é utilizada como árvore ornamental em todas as regiões subtropicais do mundo.

O Jardim do Cerco(Mafra), Património Mundial da UNESCO, possui um excelente exemplar e foi o local onde efetuamos estes registos fotográficos.

Descrição
Magnolia grandiflora é uma espécie arbórea de médio porte (mesofanerófito), de folhagem perene, que em boas condições vegetativas pode atingir os 27,5 m de altura. A copa é em geral de forma piramidal, tipicamente com um único tronco principal e ramificação simétrica.
As folhas são simples, largamente obovadas, grandes, com 12-20 cm de comprimento e 6-12 cm de largura, com margens lisas. A pagina superior é verde brilhante nas folhas juvenis, evoluindo para verde intenso e brilhante nas folhas adultas, as quais enrijecem e ganham consistência coreácea ao envelhecer. A pagina inferior é densamente pubescente, com tricomas amarelo-acastanhados, os quais vão desaparecendo à medida que a folha envelhece.
As folhas são pesadas e tendem a cair durante todo o ano, especialmente as que ficam ensombradas no interior da copa, e formam uma densa manta morta debaixo da árvore, cobrindo integralmente o solo. As características de brilho e consistência das folhas tornam-nas atractivas para uso em arranjos florais. As folhas apresentam uma cutícula cerosa que as torna resistentes a danos causados pela ressalga ou pela poluição do ar.
As flores são grandes, com até 30 cm de diâmetro, brancas, actinomorfas, fragrantes, exalando um odor próximo do óleo de citronela (limão), com 6-12 tépalas de textura cerosa que emergem da gema apical dos ramos das árvores maduras no final da primavera.
A floração é seguida pela formação de um fruto de coloração rósea, ovóide, do tipo polifolicular, com 7,5-10 cm de comprimento e 3-5 cm de largura. Fonte: Wikipedia

Desenho incluído no catálogo de Mark Catesby com a legenda «laurel tree of Carolina» («loureiro da Carolina»), da autoria de G.D.Ehret.

A REDACÇÃO do Portal do Jardim.com, conjuntamente com todos os seus contribuidores, prepara artigos e notícias do seu interesse, mantendo-o ao corrente do que se passa sobre o Jardim, em Portugal e no Mundo.

Tags:

Talvez goste deste artigo

Deixe o seu comentário

Your email address will not be published. Required fields are marked *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

Ir para o topo