A CARREGAR

Type to search

Crocosmia

Dá vida ao jardim com as suas longas espigas de cores brilhantes

Ainda em flor como comprovámos na visita recente (Setembro) ao Jardim Botânico de Lisboa.
Ideais para colorir um canteiro. Estas vivazes produzem cachos arqueados de flores em tons vivos de escarlate, laranja e amarelo ou bicolores em vermelho e laranja. Com flores até ao fim do Verão e algumas espécies pelo Outono. As flores são duradouras em pedúnculos finos que podem ser ramificados ou não – excelentes para jarras. Estas plantas são robustas e formam maciços de folhas achatadas, lanceoladas, por vezes com nervuras salientes que se erguem eretas mas ondulam suavemente produzindo um bonito efeito em canteiro.

Os maciços estabelecidos atingem cerca de 60 cm de amplitude.
Os bolbos querem-se rijos e volumosos, aconselhamos a escolher os maiores que irão ter mais flores. Rejeite aqueles que tiverem manchas ou partes moles lesionadas. Plante os cormos num canteiro de arbustos ou junto de outras vivazes que dêem flor no fim do Verão, como ásteres, rudbéquias e sedos.

Nas horas de maior calor é necessária alguma proteção.
Planta rústica e resistente, plante os novos bolbos cormos na Primavera ou aqueles que estão em repouso desde a estação anterior assim que o solo estiver enxuto e pronto a ser trabalhado. A cerca de 8 a 10 cm de profundidade, num solo enriquecidos com matéria orgânica bem decomposta, com sol ou sombra parcial.
Divida na Primavera ou no Outono a cada 3 ou 4 anos para manter as plantas vigorosas.
Extrair os bolbos no Outono e deixar secar durante alguns dias. Guardar em local fresco. Deixe alguns no terreno protegidos por uma camada de resíduos para ver se resistem.

A REDACÇÃO do Portal do Jardim.com, conjuntamente com todos os seus contribuidores, prepara artigos e notícias do seu interesse, mantendo-o ao corrente do que se passa sobre o Jardim, em Portugal e no Mundo.

Deixe o seu comentário

Your email address will not be published. Required fields are marked *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

Ir para o topo