A CARREGAR

Type to search

Conheça as Malvas, suas Aliadas

História

Nativa da Europa e Ásia ocidental.

Desde o século VIII a.C. que as malvas eram conhecidas e utilizadas tanto na culinária como para fins terapêuticos. Era já conhecida dos gregos e romanos que muito a apreciavam, sobretudo os romanos para curar as resacas depois das orgias. Alguns médicos gregos recomendavam-na para aliviar e curar picadas de insectos.

Carlos Magno utilizava-a como planta ornamental dos jardins imperiais, para os pitagóricos era considerada planta sagrada pois libertava o espírito da escravatura das paixões. Plínio (grande historiador e investigador romano que morreu queimado na explosão do Vesúvio) recomendava uma poção à base de suco de malva o que evitaria indisposições durante todo o dia. Na Idade Média, tanto a alteia como a malva eram plantadas nos jardins dos mosteiros e utilizada pelos monges para fins terapêuticos.

Na medicina tradicional chinesa utilizam as sementes de malvas.

Habitat

A malva (malva sylvestris) também conhecida como malva-maior ou malva selvagem é considerada uma planta daninha e invasora mas na realidade podemos utilizá-la como bonita planta de jardim, em Portugal cresce um pouco por todo o lado desde o Minho ao Algarve, em caminhos, terrenos baldios, lixeiras etc.

É uma planta vivaz da família das malvaceas, apresenta flores bilobadas de cinco pétalas de cor rosa forte ou lilás com veios mais escuros nas pétalas e grande raíz aprumada. A malva pode por vezes confundir-se com uma sua parente chegada a alteia (althaea officinalis) ou malvaísco que apresenta características e propriedades terapêuticas muito semelhantes sendo talvez a alteia mais rica em mucilagem e daí mais eficaz nalguns tratamentos das vias respiratórias.

Utilizam-se as folhas, flores, raízes, rebentos e sementes.

Composição

As malvas são extremamente ricas em mucilagem especialmente na raíz, o que lhe confere grande parte dos seus méritos terapêuticos, contém ainda antocianinas, óleos essenciais, alguns taninos, flavonóides e glicósidos.

Propriedades

Desde a antiguidade muito utilizada para tratar problemas do foro digestivo, em caso de inflamação e irritação, em úlceras gástricas e do duodeno, gastrite, colite, catarros, faringite, laringite, bronquites, tosse, com forte acção expectorante e emoliente.

É ainda útil no tratamento de infecções urinárias e ginecológicas em forma de lavagens.

Em cataplasmas pode utilizar-se para extrair furúnculos, abcessos, estilhaços ou outras impurezas e inflamações da pele .

Em clisteres para limpeza dos intestinos, revestindo-os ao mesmo tempo de uma camada de mucilagem.

Quando tomada em forma de tissana tem uma acção suavemente laxativa.

A variedade alteia é muito utilizada no fabrico de xaropes e rebuçados contra a tosse e também no fabrico de (marshmallows) uma espécie de gomas brancas ou cor-de-rosa muito apreciada pelos ingleses e que se fabricava a partir de um pó obtido da raíz da alteia.

Sempre que seja necessário um efeito calmante do aparelho digestivo, urinário ou respiratório as malvas ou a alteia são sempre um bom remédio de acção suavizante (demulciente).

Em forma de gargarejos é muito útil para tratar inflamações da boca e gengivas.

Depois de uma longa caminhada, uma tissana de malvas ajuda a compensar os efeitos de desidratação.

Culinária

As folhas das malvas podem ser utilizadas e cozinhadas como o espinafre, as acelgas ou as couves, em sopas e saladas, muito nutritivas para mulheres em fase de amamentação pois estimulam a produção do leite, alimentam e podem ainda ser usadas em compressas para tratar mamilos gretados.

O chá de folhas de malvas é agradável e refrescante tal como o chá das suas flores que poderá preparar na época da floração ou seja Primavera e Verão  e constítuem um agradável refresco, as flores comestíveis podem ainda ser utilizadas na decoração de vários pratos, as raízes cozidas e depois fritas com alho ou cebola são um bom acompanhamento de arroz, carne ou peixe, as sementes possuem um delicado sabor a nozes.

Cosmética

Creme para extrair borbulhas:

Juntar raíz de malvas ou alteia em pó a qualquer creme de pele neutro, misture bem e aplique sobre a pele.

Jardim

Caso queira plantar malvas no seu jardim e tirar delas o melhor partido então escolha um local em pleno sol e um terreno arenoso e bem drenado.

FERNANDA BOTELHO nasceu em Tojeira/Sintra em agosto de 1959.
Aos 18 anos viaja para Londres onde estuda antroposofia e plantas medicinais e pedagogia Montessori.
Fez o curso de guia de jardim botânico com a Alexandra Escudeiros e gostou tanto que repetiu no ano seguinte.
Apaixonada por jardins botânicos, é frequentadora assídua de Kew gardens. Absorve o que vê, fotografando e escrevendo.
Publica anualmente desde 2010 agendas de plantas medicinais, três livros infantis “Salada de flores” “Sementes à solta” e “Hortas aromáticas”. “As plantas e a saúde, guia de remédios caseiros”. É colaboradora do programa Eco-escolas desenvolvendo projetos de plantas medicinais e hortas sustentáveis nos espaços escolares com professores e alunos.
É convidada regular da RTP 1, organiza passeios botânicos e dá workshops sobre plantas medicinais.
Blogue Malva Silvestre.

Tags:

49 Comments

  1. miguel 16 de Março de 2010

    boa tarde
    Depois de ter acesso a sua pagina, fiquei muito interssado em saber mais sobre a planta ( malva), pois ouvi dizer que era boa como depurador.. e outros males.
    Gostava de lhe por uma questao… Se a mesma planta é boa para curar ou aliviar a Dermatite Atópica, visto eu ter esta doença e já não sei para onde me virar,
    O meu obrigado
    cumprimentos

    Responder
  2. Mendes 23 de Junho de 2010

    Por experiencia própria a malva é axcelente para o aparelho digestivo.Tive uma ulcera duodenal ,comecei a tomar chá de folhas de malva e para meu espanto nunca mais tive dores nem quaisquer problemas.O seu papel no funcionamento do intestino é fantástico. Tem algo de mágico a malva.

    Responder
  3. Joana Salvador 9 de Outubro de 2010

    Não sabia nada disto!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!

    Responder
  4. Maria Joao 17 de Outubro de 2010

    Boa Tarde,

    5 mes após ter tido uma cesariana que nao cicatrisava (também tinha um absesso)… e falavam em operar de novo.
    Lembramos-nos mais a minha mae dos remédios da minha avó.
    Usei as malvas para a cicatrisaçao da minha cesariana e após 15 dias está fechada !!

    Responder
  5. Ana carina 20 de Outubro de 2010

    Ola, ouvi dizer que as malvas e bom para infeccoens urinarias. E verdade? Muito obrigada fico a guardar sua resposta

    Responder
  6. Rosa Teles 26 de Outubro de 2010

    Boa tarde D. Fernanda
    Gostaria de saber se há alguma erva ou raiz que me ajude no combate ao Syndrome de Sjogren (ausência de Saliva)
    que me estragou todos os dentes.

    Muito obrigada e bem-haja

    Responder
  7. Maria Sousa 12 de Dezembro de 2010

    Olá
    Gostaria de saber a vossa opinião relativa a efeitos secundários na toma de chá de malvas, como por exemplo vasodilatção.

    Muito obrigada,

    Responder
  8. Gilberto Duarte Borges 11 de Fevereiro de 2011

    Bom dia
    Consultei a vossa pagina w pretendia saber qual, a acção da plantas no tratamento de incaços nos ternozelos e variçozes nas pernas enre ela ( a Malva 1 e Cavalinha )
    Agradecia caso seja possivel essa informação
    Obrigado
    Com os meus melhores cumprimentos
    Gilberto Duarte Borges

    Responder
  9. graça eusebio 26 de Fevereiro de 2011

    boa tarde,
    falaram-me malva para a minha prisão de ventre e para a retenção de liquidos. Uma maravilha funciono diariamente, bendita MALVA.

    Responder
  10. saudade mota 27 de Fevereiro de 2011

    Á muitos anos que ouvi dizer que o já de malvas é milagroso e eu tenho a prova disso,tinha uma inféção urinária e ao beber o chá de malvas ,ao fim de 4 dias sintime melnhor deixei de ter dor na bexiga e a sensa ção de estar de ter vontade de urinar desapareceu.Tambem acaompanhei um bébé de um familiar meu,tinha um mês de idade e com os olhos muito inflamada ,esprementou varios medicamentos receitados pelo seu pedriata de crianças e nada de meloras andou um mês assim ,depois lembramos-se da tal mensinha caseira,ferveu-se malvas e depois quando estava já só com a tempratura morninha lavamos os olhitos da bébé e tal foi o nosso espanto que no dia seguinte os olhinhos da b´bé estavam completamente limpinhos,isto é a pura de verdade.Eu só queria fazer uma pergunta,se em caso de berber este chá muitas vezes ,qual as contras indicaçoes,se as tem ?o meu muito obrigado ,SAUDADE..

    Responder
  11. helena paixao 16 de Março de 2011

    estou muito feliz…………..como uma folha que qualquer pessoa ignora é maravilhosa…………………….obrigados pelas dicas.Helena paixão

    Responder
  12. Madalena Fernandes 14 de Maio de 2011

    Boa noite, tenho no quintal uma erva que dito pela minha mãe é malva, mas ela disse que devem ser colhidas antes de dar a flor e por isso já sa apanhei. Será que o caule e a folha têm a mesma utilidade que a flor? E a semente em que altura aparece?
    Quero dar os parabéns e o meu muito obrigado!!!!

    Responder
  13. Ilda Fernandes Valente 14 de Maio de 2011

    Eu vivo em África-Angola, e nós temos por cá várias espécies de malva, ou melhor a mais conhecida sequer dá flor, tenho visto nas pesquisas que maior parte delas têm ou dão flor.
    A mais abundante tem a folha de cor cinza.
    Por favor dá para me enviarem fotos mais especificas?

    Sinceros agradecimentos

    Responder
  14. bia bertoldi 1 de Julho de 2011

    tenho muita fé na malva,mais gostaria de saber estou gravida de 21 semanas sera q posso tomar cha de malva

    Responder
  15. Jorge Pereira 28 de Julho de 2011

    Tenho 47 anos e tenho asma, será que as malvas me poderiam ajudar? de que forma?
    Obrigado.

    Responder
  16. mara beatriz lunardi 21 de Agosto de 2011

    Confio muito nas propriedades naturais das ervas, especialmente da malva.
    Gostaria de saber se há contra indicação em dar um chá de malva para nenê de um mes. Ele está com a pele com erupções, secreção no olhinho e esteve constipado apos a ingestão de um remédio para gripe, predsim, receitado pela pediatra. Ele ainda esta congestionado, mas o intestino já regulou. Recebe aleitamento materno e por isso há resistencia na administração do chá. Gostaria de poder convencer a minha filha. Podes me ajudar com a informação correta?

    Responder
  17. mara beatriz lunardi 21 de Agosto de 2011

    Gostaria de saber a epoca certa para plantar a malva.

    Responder
  18. Tomé Coutinho 23 de Agosto de 2011

    Minha mulher, tem muita tosse, e já foi operada à garganta, e ao estômago.Um dizia que era das anginas, outro dizia que era do fluxo do estômago, já lá vai 2 anos da ultima operação, e aínda continua com tosse constante. Eu mesmo aconselhei a tomar chá de malvas. Agora gustava da sua opinião, muito obrigado.

    Responder
  19. estrela 23 de Setembro de 2011

    Boa noite, fiz uma cirurgia do dente siso e ficou um buraco, doi muito, gostaria de saber se posso fazer o uso da malva para cicatrização e fechamento do buraco.

    Responder
  20. Virgínia Alcobia 28 de Setembro de 2011

    Boa tarde. Tenho disidrose nas mãos e tenho muita comichão constantemente. Como estou a amamentar gostaria de saber se devo tomar o chá de malvas e se
    consegue curar ou pelo menos aliviar a comichão.
    Obrigada

    Responder
  21. Guia 1 de Novembro de 2011

    Boa noite, gostava imenso de saber. ando sempre com comichao nos ouvidos as vezes de tanto mexer ficam infecionados. Sera que com as Malvas resultam/ Desejava saber e como aplicar. Desde ja obrigado

    Responder
  22. António Abreu 31 de Dezembro de 2011

    gostava de saber quanto tempo é preciso ferver as folhas para fazer chá…obrigado

    Responder
  23. alvar0.afonso 2 de Janeiro de 2012

    a respeito das comichoeis na pele a uma erva no bordo das ribeiras que tem o nome vardadeiro a erva saponaria e cozida na agua e depois agente banha o local assim que se possa aguentar e remedio santo esta ervae tao bem boa para servir de chanpo

    alvaro afonso

    Responder
  24. Rodrigues 16 de Janeiro de 2012

    Eu estou com problemas de inflamações da prostata e frequentes infecções urinária ai eu gostaria de saber se o cha de malva pode me fazer bem pra estes casos

    Responder
  25. DIOGO RIBEIRO 22 de Janeiro de 2012

    OLA, SOU PORTUGUES, VIVO CÁ. GOSTAVA DE SABER SE RESOLVE TAMBEM PROBLEMA DE HERPES LABIAL… RESPONDA-ME TAMBÉM POR EMAIL POR FAVOR, DIOGOSHOTOKAN@HOTMAIL.COM
    TAMBÉM TENHO BRONQUITE, SINUSITE E ASMA DESDE QUE NASCI, AJUDA, HÁ EM FARMÁCIA? COMO APLICAR??
    URGENTE- A CURA do herpes labia, tou fartoooooooooooooooooooo :/
    muito obrigado!!!

    Responder
  26. Adelino Eduardo Antunes Pais 29 de Janeiro de 2012

    Pinhal Novo, 29-01-12

    Boa noite

    Sou deficiente bimotor ea cerca de12 anos dei uma pancada no dedo da mão esquerda tendo esta ficado com um aspecto um pouco mau, alem das dores que me deu na altura, entretanto fui a um médico que me receitou para por na unha (terceiro dedo da mão esquerda), o TROSYD durante seis meses,andei a por este medicamento durante algum tempo depois parei ea cerca de talvez a talvez a 6 7 meses que não ponho, apanhei muito frio e o que esta a acontecer e que na parte de fora do dedo apareceram umas manchas vermelhas napaetre da mão o dedo esta limpo sem qualquer mancha, fui ao médico mandou lavar o dedo com agua morna nada de agua fria nem quente por betadine e por a pomada ATL ligar o dedo nada de de- tergentes nada de apanhar frio no dedo dai pedir para andar com este ligado.
    Deram-me um concelho fazer um cha de malvas e lavar o dedo, onde encontrar este produto e se efectivamente o mesmo pode curar.
    Obrigados

    Adelino Pais

    Responder
  27. Belarmina Castilho 6 de Março de 2012

    Por uma casualidade encontrei esta discrição maravilhosa sobre a Malva. já apanhei umas folhas para fazer o chá pois padeço um pouco do estômago , passei a ter o devido respeito por esta planta obrigada pelos conselhos darei mais noticias.

    Responder
  28. nuno pedro 18 de Março de 2012

    Boas
    DPS DE VISITAR A PAGINA DECIDÍ DEIXAR A SEGUINTE QUESTÃO:
    – Qual ou quais as plantas medicinais e chás no sentido de melhor ajudar a combater a Depressão?
    Obrigado.

    Responder
  29. Fernanda 26 de Março de 2012

    Mil desculpas a todos os que têm colocado questões relativas às malvas e às quais nunca respondi.
    Na realidade muitas das vossas questões estão respondidas no artigo que escrevi sobre as fantásticas malvas.
    amanhã tentarei responder as algumas perguntas mais específicas e que não se encontram no artigo.
    Podem sempre adquirir o meu livro de bolso ” As plantas e a saúde” onde se abordam todos esses temas de tratamentos e alívios de cuidados básicos de saúde.
    Existem para além deste meu livro (onde sugiro o que considero uma importante bibliografia sobre este tema) uma série de outros bons livros de plantas medicinais.

    Responder
  30. gabriel 18 de Abril de 2012

    achei otima a explicação sobre essa planta espetacular.
    vou fazer um trabalho sobre plantas medicinais e escolhi a malva pela sua rica importancia

    Responder
  31. Lazaro Adão Duarte 23 de Maio de 2012

    Há (20) anos atrás sofri de duas ulceras estomacais , sofri de espasmos intestinais e colo. ganhei como consequência hemorroides , cujas varizes sangravam.
    Tomei desde papsidina, tagamete e, para o anus um medicamento chamado factur(fatur).
    Mas o resultado foi virar-me para a mezinha que a minha santa mãezinha me houvera ensinado:
    _ Malvas , as raízes para lavagem e as folhas bem como as flores já com o botãozinho bebia-o como chá . Não foi facil , talvez por já avançado estado da doença, mas curou . Não foi uma só vez nem um cento de vezes, demorou a curar , mas curou e já lá vão 20 anos e ainda , graças a Deus, não vim mais a sofrer dessas terríveis hemorroides _ malvas ou malvóes tanto faz _ esperimentem e curar-se-ão

    Responder
  32. liliana patricio 2 de Junho de 2012

    olá dona fernanda.
    eu ouvi a pouco tempo na tv num programa do canal 2 que a malva rosa era boa para afastar os mosquitos,sera que é mesmo verdade? se for qual a melhor malva para obter esse efeito e onde posso comprar para plantar? aguardo resposta e muito obrigada…

    Responder
  33. Ana Célia Picchin 23 de Agosto de 2012

    Foi me recomendado o chá de malva, pelos problemas intestinal que tenho, faz um mês que estou tomando e já me sinto bem melhor.
    Gostaria de saber onde eu posso encontrar a semente dessa planta e como eu posso cultivar, se é possível planta-la em vasos.

    Responder
  34. ANA PAULINO 2 de Setembro de 2012

    OLA
    Tenho borbulhas no rosto já fui a um dermatologista que receitou-me uns cremes , na primeira semana tudo estava a correr bem depois ficou tudo na mesma , uma amiga disse para fazer chá de Malva e lavar o rosto com ele , gostaria de saber se eu fizer isso as minhas borbulhas diminuem ? ja que o medico disse que elas não são acne, aguardo resposta .
    Obrigado

    Responder
  35. rogerio brito 10 de Janeiro de 2013

    BOM DIA ,tomo cha de malva ja la vai 1 ano por causa de problemas estomacais, mas gostaria de saber quais os seus efeitos secundarios ,muito obrigado.

    Responder
  36. wilson valefe 21 de Março de 2013

    Gostaria de saber onde posso encontrar a semente da planta malva e como posso cultivar, tenho sindrome de ardencia bucal e me disseram que e muito bom para minha doença.

    Responder
  37. tania 15 de Abril de 2013

    Boa tarde!

    A minha mae tem colite ulcerosa (ulceras no intestino grosso), sera que pode fazer lavagens instestinais com a agua onde ferveu as malvas?

    Obrigada.

    Responder
  38. Bruna 29 de Outubro de 2013

    ola
    adorei esse site

    Responder
  39. Ismael 10 de Abril de 2014

    Vc é mesmo uma fera neste campo! Soube das potencialidades da malva atravês da minha avô, e com isto gerou em mim umas ideias e descobertas de saberes do passado sobre a malva interessantes. Parabêns pelas suas contribuições grato

    Responder
  40. simone 15 de Setembro de 2014

    Bom dia
    Como saber qual a malva usar ? pelo que pude perceber há vários tipos de malva e há também o hortela que acredito ser a mesma folha quando vejo as receitas caseiras fico na dúvida se estou usando a correta.

    Responder
  41. maria marques 22 de Fevereiro de 2015

    gostaria de saber se as malvas que apanhamos nos campos sao boas para consumir.

    Responder
  42. Jofre 11 de Maio de 2015

    Para o Diogo Ribeiro. Para o herpes creio que o melhor é a autohemoterapia. Muitas pessoas nunca mais voltam a tê-lo. Eu pessoalmente desde que fiz 17 aplicações nunca mais tive herpes

    Responder
  43. Lili 30 de Janeiro de 2016

    Bom dia gostaria de saber qual o melhor remedio caseiro para tratar uma cistite inflamacao
    na bexiga mas estou amamentar aguardo resposta obrigada

    Responder
  44. Fernanda Botelho 1 de Fevereiro de 2016

    Agradeço todos os comentários e peço desculpa, com o autora dos artigos das plantas medicinais de não conseguir arranjar tempo para ser mais interativa.

    Respondendo ao último da Lili, pode misturar as malvas com pé-de-cereja, barbas de milho, uva ursina e arando vermelho (cranberry).

    Responder
  45. Fernanda Botelho 1 de Fevereiro de 2016

    Respondendo ao Jofre, a melissa (erva-cidreira tem normalmente excelentes resultados para tratar o herpes.

    Responder
  46. selma luiza 3 de Fevereiro de 2016

    estou maravilhada com esta descoberta. tenho esta planta, mas não sabia de suas propriedades. estou sofrendo e gastando com periodontite. agora quero usar minha planta e ajudar quem precisar. obrigada pela postagem.

    Responder
  47. Debora 28 de Maio de 2016

    Olá Fernanda,

    Minha filha está com dor dente é grávida , a malva pode ser usada para fazer bochecho é melhorar na inflação???

    Responder
  48. Mariliza 3 de Novembro de 2017

    Visitei o site é fiquei com dúvidas: existe algum tipo de malva tóxica? Tenho uma planta que é cheirosa como malva, tem folhas repicadas, mas não dá flores. Será que é tóxica?

    Responder
  49. Luciana 12 de Março de 2018

    Bom dia
    Como saber qual a malva usar ?
    Pelo que pude perceber há vários tipos de malva.
    Tenho malva do reino.
    Elas tem os mesmos benefícios?

    Responder

Deixe o seu comentário

Your email address will not be published. Required fields are marked *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

Ir para o topo