A CARREGAR

Type to search

A rúcula eruca vesicaria subesp sativa é oriunda da Ásia e da Europa do Sul, estando também aclimatada na América onde é conhecida por eruca ou argula. Os Ingleses também grandes consumidores desta planta chamam-lhe rocket. É também conhecida por mostarda Persa.

Figurava nos pratos dos romanos e Gregos Antigos.

Era muito consumida na Idade média, excepto nos mosteiros por se acreditar que continha propriedades afrodisíacas. Foi uma erva muito popular na Europa do século XVIII, tendo mais tarde caído no esquecimento em toda a Europa excepto na Itália onde nunca deixou de ser apreciada.

Aos poucos tem vindo a ganhar popularidade nos mercados nacionais e estrangeiros, especialmente nos países Mediterrânicos onde continua a ser cultivada e muito apreciada em saladas, molhos, queijos, especialmente queijo de cabra e nozes. Combina muito bem com massas e pode ser utilizada no pesto em substituição do mangericão.

A rúcula é uma planta anual da família das Brassicaceaeas, prima da mostarda e das nabiças, e  tal como acontece com as outras plantas desta extensa família podem consumir-se não só as folhas mas também as flores, estas flores podem ser brancas ou amarelas (no caso da rúcula silvestre), contêm um leve aroma a laranja e constítuem uma atractiva guarnição.

As folhas dentadas da rúcula possuem um sabor semelhante à avelã e um cheiro apimentado e quente que se solta assim que a colhemos, quanto mais tempo as folhas forem deixadas no caule , mais picantes se vão tornando, mas não convém deixar desenvolver muito as flores, pois as folhas perderão a intensidade  do seu sabor.

A rúcula encontra-se à venda na maioria dos supermercados, quer sozinha, em molhos ou já embalada e pronta a consumir ou em misturas com alface, agriões, endívias etc.

 

Na horta

A rúcula é uma planta muito fácil de cultivar e que se auto-propaga com bastante facilidade, no meu quintal está sempre a surpreender-me surgindo por debaixo dos bancos de jardim ou entre as pedras dos caminhos, quando semeada em canteiros dá colheitas úteis prácticamente durante todo o ano, preferindo sombra parcial a sol pleno.

A erva colhida e consumida na hora tem um sabor muito mais intenso do que a planta guardada no frígorífico, onde não se deve guardar mais do que 3 a 4 dias.

 

Propriedades

A rúcula é muito rica em proteínas, ácido fólico, mágnésio, fósforo, potássio, zinco,  fibras, vitaminas do complexo B, vitaminas A e C e minerais, como o cálcio e o ferro, todos componentes importantes na manutencão de óssos saudáveis. Para além de todos estes elementos fantásticos, a rúcula tem ainda a vantagem de ser de muito baixo teor calórico.

É uma planta tónica, estomáquica, diurética e antiescorbútica.

FERNANDA BOTELHO nasceu em Tojeira/Sintra em agosto de 1959.
Aos 18 anos viaja para Londres onde estuda antroposofia e plantas medicinais e pedagogia Montessori.
Fez o curso de guia de jardim botânico com a Alexandra Escudeiros e gostou tanto que repetiu no ano seguinte.
Apaixonada por jardins botânicos, é frequentadora assídua de Kew gardens. Absorve o que vê, fotografando e escrevendo.
Publica anualmente desde 2010 agendas de plantas medicinais, três livros infantis “Salada de flores” “Sementes à solta” e “Hortas aromáticas”. “As plantas e a saúde, guia de remédios caseiros”. É colaboradora do programa Eco-escolas desenvolvendo projetos de plantas medicinais e hortas sustentáveis nos espaços escolares com professores e alunos.
É convidada regular da RTP 1, organiza passeios botânicos e dá workshops sobre plantas medicinais.
Blogue Malva Silvestre.

Tags:

45 Comments

  1. Joaquim Marques 12 de Abril de 2009

    Olá;
    Foi uma agradável surpresa encontrar o portal do jardim, fiquei marailhado com as esplicações uteis, que aqui se encontram e pela divercidade de temas e conselhos que que aqui encontramos.
    Já agora gostaria de saber onde posso encontrar semente de Rúcula para poder semear na minha horta?
    Caso seja possível enviar-me essa informação por email, agradeço imenso.
    Muito obrigado e muitos parabéns pelo site.

    Responder
  2. Raquel Martins 2 de Maio de 2009

    Boa tarde, realmente já á algum tempo q procuro sementes de rúcula para plantar e não tenho encontrado, sou de lisboa se me puder dar algumas dicas onde comprar sementes, porque os sitios que conheço tem sempre o mesmo tipo de sementes.
    Muito obrigado e parabéns

    Responder
  3. Eugénia Martins 11 de Maio de 2009

    Olá!

    Gostei muito deste artigo, pois tenho vindo a desenvolver um enorme interesse sobre as plantas aromáticas, condimentares e medicinais. E desde entao ando numa procura insaciável sobre tudo que esteja relacionado com o tema.
    Já comecei a fazer o cultivo destas plantas em vasos e já aquiri algumas entre as quais a rúcula. Comprei-a num pequeno vaso, transpaltei-a para um maior á mais ou menos um mês e agora começou a florir.
    Gostaria de Saber quando eu posso começar a consumi-la e como consumi-la. No seu artigo diz “mas não convém deixar desenvolver muito as flores” , isto quer dizer que não devemos consumi-la quando está florida ou que quando começar a florir devemos retirar as flores ?

    Gostaria também me que indica-se uma ” espécie de blibliografia” ou mesmo cursos sobre as plantas aromáticas, condimentares e medicinaicais.
    Agradecia entao que me envia-se resposta

    Responder
  4. Helena Ruas 17 de Junho de 2009

    Gostaria tb. de saber onde encontrar sementes de rúcula.Obrigada

    Responder
  5. Joao Correia 5 de Agosto de 2009

    Olá!

    Mais um a solicitar indicações para conseguir as sementes da planta.

    Obrigada

    Responder
  6. Fernanda 8 de Setembro de 2009

    Peço desde já mil desculpas a todos os leitores de não ter respondido às vossas questões e agradeço também o interesse pelos artigos.
    Sementes de rúcula aqui em Portugal de facto não é fácil encontrar mas se forem ao site inglês do garden organics eles enviam sementes biológicas de muito boa qualidade por correio, as plantas por vezes encontram-sea venda nalguns centros de jardinagem já envasadas.Outro site que poderão visitar para aquisição de algumas plantas mais díficeis de encontrar é o site do Luís Alves “cantinho das aromáticas.”
    Quanto a não a deixarem florescer muito, a razão é que quando uma planta começa a concentrar a sua energia no desenvolvimento de flores, as folhas vão ficando mais pequenas, isso é especialmente notório na rúcula.

    Responder
  7. Margarida Diniz 6 de Outubro de 2009

    Olá! parabéns pelo site que está fantástico e muito me tem ajudado.
    Tenho um canteiro de ervas aromáticas com erva principe, erva cidreira, cebolinho, oregãos, menta, manjericão, salsa, coentros e rucola. Mas este ano apareceu me uma praga que não consigo identificar, em que as folhas aparecem todas comidas. Será que me podem ajudar a identificar e controlar esta praga? Obrigada

    Responder
  8. Cata 14 de Outubro de 2009

    Gostaria de saber como posso colher a rucula que plantei, e ao colhê-la ela volta a nascer ou tenho que voltar a semear?
    Obrigada

    Responder
  9. Emílio Moitas 30 de Dezembro de 2009

    A todos os interessados em sementes informo que na Loja Bricomarché de Portalegre é possível comprar carteiras de semente de Rúcula, creio que por um 1,50 €.
    Aqui no Alentejo a Rúcula auto-propaga com bastante facilidade.

    Responder
  10. António Dias 13 de Janeiro de 2010

    Boa noite.
    Gostaria que me informasse onde posso adquirir erva principe para plantar.
    Muito obrigado

    Responder
  11. ricoupina 19 de Janeiro de 2010

    Caro António
    se for aqui da zona do Porto poderá encontrar erva príncipe no cantinho das aromáticas. E um viveiro especializado em ervas aromáticas. Boa sorte

    Responder
  12. joana sao marcos 9 de Fevereiro de 2010

    Desde já os meus parabéns por este magnifico site que conta com prestações de tecnicos tão especializados no assunto. Já agora também gostava de saber onde adquirir rucula para plantar, em semente ou em pé, e qual a melhor altura para a plantar. Sou de aveiro e por cá não e encontra essa planta. Poderá sempre responder para o meu e-mail. Boa sorte e muito sucesso na agricultura

    Responder
  13. germisem 23 de Março de 2010

    visitem http://www.germisem.com grande variedade de sementes bio

    Responder
  14. Manuel Carvalho 6 de Maio de 2010

    Tenho uma duvida que gostava de exclarecer: Já tive rucula no quintal e era um pouco áspera, este ano a rucula que tenho é macia. Qual é a diferença? Será que não é rucula?
    Grato pela atenção
    M. Carvalho

    Responder
  15. Alexandre Sousa 3 de Julho de 2010

    Há sementes de rúcula em lojas de sementes que se propagam muito bem na horta. A minha horta está situada a 712 m de altitude (Cel.B.).
    500 sementes custam 0,9 euros e o meu fornecedor distribui produto francês, «Votre Jardin».

    Responder
  16. Graça Noronha 6 de Julho de 2010

    Costumo encontrar sementes de rúcula na loja Leroy-Merlin. Também na Praça da Figueira (Lisboa), na casa das sementes não é difícil encontrar.
    Actualmente nos super e hiper-mercados encontram-se vasinhos com ervas aromáticas, (entre elas a rúcula) que se podem transplantar para vasos maiores, com alguma probabilidade de sucesso.

    Responder
  17. Florindo 2 de Novembro de 2010

    Agradeço as informações sobre a rúcula. Devido às suas propriedases, consumo-a diariamente, ao almoço.
    Como tenho bastante espaço, já comprei sementes e vou semear. O prazer de semear, ver crescer e colher é diferente de ir comprá-las ao super-mercado. Além disso, produto fresco é sempre melhor.

    Responder
  18. Manuel Telo 7 de Novembro de 2010

    Foi com agradavél surpresa que encontrei o vosso artigo sobre a rúcula. Sou consumidor de rúcula há relativamente pouco tempo, porém, depois de ler este vosso artigo vou passar a consumi-la com bastante mais frequência

    Responder
  19. Alzira Inácio 19 de Abril de 2011

    Foi muito agradável encontrar toda esta informação sobre a rucula.Semeie pela primeira vez só encontrei semente numa loja que vende sementes, plantas, frutas e legumes. Já a comi pela primeira vez e fiquei surpreendida com o seu sabor. Faltava-me saber quais as suas propriedades que encontrei nesta página.Obrigada

    Responder
  20. Marta 20 de Maio de 2011

    Encontrei sementes de rúcula na loja AKI! Quem quiser comprar já sabe!

    Responder
  21. Patrícia 26 de Setembro de 2011

    Boa tarde,
    também me entusiasmei recentemente pelas ervas aromáticas, e entre outras, semeei rúcula. O que estranho é que depois de despontarem os primeiros pés, coisa que demorou talvez menos de uma semana, o seu crescimento parece ter estagnado. Eu rego 1x por semana e pulverizo com um pouco de água todas as manhãs. Estou a fazer alguma coisa mal ou o crescimento é mesmo assim demorado?
    Muito obrigada pela ajuda!

    Responder
  22. joão 28 de Setembro de 2011

    em que altura se deve colher

    Responder
  23. cardenio cabral 24 de Janeiro de 2012

    Gostei das informações,sou da agricultura familiar e estudante,é importante sites que trata as coisas com respeito.

    Responder
  24. manuel alberto palas 28 de Janeiro de 2012

    obrigado pela informaçao sobre a rucula; tenho no meu
    jardim bastante que nao sei o que fazer; propagase muito
    e o vento leva-a para todo o terreno!
    Quanto à semente tenho com abundancia se alguem nessecita posso dispensar obrigada

    Responder
  25. Paula 29 de Fevereiro de 2012

    Semeei sementes de rúcula selvagem e estão a demorar imenso tempo a desenvolver.
    Entretanto soube que a rúcula selvagem é mais saborosa mas cresce mais lentamente do que a rucula mansa que se desenvolve muito mais rapidamente.

    Responder
  26. José Nogueira 13 de Março de 2012

    Há sementes de rucula à venda em Portugal sim senhores em várias superficies, em sites portugueses etc.
    Basta pesquisar… há em superficies ccomerciais bio e não só.

    Responder
  27. HELENA SERENA 26 de Março de 2012

    FOI UM PRAZER ENCONTRAR A TUA PÁGINA, A PRIMEIRA QUE ABRI, QUANDO FUI Á PROCURA DAS PROPRIEDADES DA RÚCULA, MUITO OBRIGADA PELA TUA PESQUISA , BOM TRABALHO.
    BEIJINHOS

    Responder
  28. susana 16 de Abril de 2012

    Boa noite,

    A Bio Som da Germisem vende Sementes Biológicas nas quais encontrarão Rúcula. Eu já comprei, semeei e no Sabado passado comi uma deliciosa Salada de Rúcula ;O)

    http://www.germisem.com/PT

    Responder
  29. adelia pinhal 1 de Maio de 2012

    Boa tarde eu tenho rucula e bastante ,mas esta muito picante , e nao gosto muito como posso fazer para nao ficar tao picante, muito obrigada.

    Adelia

    Responder
  30. Nádia Barroso 18 de Junho de 2012

    Boas! Eu comprei sementes de rúcula no Aki por 1 E e pouco 🙂

    Responder
  31. Nuno Araújo 28 de Junho de 2012

    Boa tarde.
    Exelente artigo.
    Qual é mais ou menos a produtividade anual, por ha?
    Obrigado

    Responder
  32. Nuno Araújo 28 de Junho de 2012

    Qual é a produção anual por ha?

    Responder
  33. Bruno barreiros 10 de Julho de 2012

    Plantei rucula e na primeira fase apareceu no seu pleno, entretanto as folhas começaram a crescer bastante, a dar flor e devido á sua altura deixou de ser possível colher folhas de novo. Isto é o final de um ciclo, ou irei ter folhas novamente?

    Responder
  34. Beta 20 de Agosto de 2012

    A rúcula selvatica e a cultivata são plantas que após darem flôr e semente em geral morrem. A selvatica, se estiver à sombra e se cortarem as hastes florais, ainda pode rebentar de novo, emitindo folhas novas. No Verão o ciclo é mais curto. O truque é ir semeando pequenas quantidades, para ter sempre produção.

    Responder
  35. Paulo Henrique Orlandi 23 de Agosto de 2012

    Mto obg pelas dicas, eu tinha q plantar alguma verdura para um trabalho de ciências e depois de entrar neste site e tirei 10 vlw msm !

    Responder
  36. Ricardo Santos 27 de Agosto de 2012

    quando cresce e aparecem as flores, começam a aparecer umas vagems tipo ervilhas mas muito mais finas e que lá dentro estão as sementes. é semear de novo

    Responder
  37. Beatriz SSilva 5 de Outubro de 2012

    Finalmente encontrei algo sobre a rúcula e o modo de cultivar. Gostava apenas de saber se é possível cultivar rúcula em vasos?

    Responder
  38. Francisco Padilha 20 de Abril de 2013

    Alguém poderia me dar as seguintes informações sobre o período(dias) da germinação da rúcula: fase de germinação, fase vegetativa e fase de pré colheita? Não encontro essas informações em lugar algum. Obrigado

    Responder
  39. Carlos Ferreira 8 de Maio de 2013

    É a primeira vez que vou cultivar rúcula. Comprei tres dúzias de plantas pequenas. Vou plantar segundo as informações recolhidas, mas penso não serem suficientes. A prática ajudará a melhorar. Esta planta não faz parte dos meus hábitos alimentares, mas a pedido dos filhos, sobrinhos e netos será incluida no rol das saladas. Mais tarde darei notícias.

    Responder
  40. Cecília 6 de Agosto de 2013

    Olá,
    Desde que a rúcula foi colocada à venda em Portugal (só em pacote e super cara) que me tornei “viciada” nesta planta, não conhecendo, no entanto, as suas propriedades. Há 2 anos vim viver para uma aldeia da Serra da Estrela, com um quintal de 120m2. Plantei um canteiro com rúcula selvagem e desde então que ela se mantém viva e se reproduz intensamente. Por todo o quintal existem tufos de rúcula. Transplanto para vasos para oferecer aos amigos. É verdadeiramente selvagem. O primeiro canteiro continua a produzir há já 2 anos. As plantas estão altas e as folhas muito finas, embora extraordinariamente saborosa. Mas devo continuar a deixá-la crescer ou devo cortá-la?
    Obrigada.

    Responder
  41. marco afonso 13 de Setembro de 2013

    Em que altura do ano posso semear a rúcula

    Responder
  42. Francisco Viana Machado 17 de Setembro de 2013

    Gostaria de saber se a rúcula silvestre se dá num local com pouco sol?
    Obrigado.

    Responder
  43. Lucia Monteiro 19 de Novembro de 2013

    Muito obrigada por todas estas informações sobre uma planta que eu tanto gosto. De facto foi em Inglaterra que lhe tomei o gosto, mas a partir de então, não tenho tido descanso em procurar cultivá-la no meu campo ou jardim. E confesso, que não está sendo fácil, pelo menos comparando com outras plantas (cidreira, hortelãs, salsa, cebolinho….etc). Consigo fácilmente encontrar sementes e até mesmo aproveitar algumas das minhas sementes, mas não consigo ainda tirar rendimento durante muito tempo das minhas plantas de rucula. Pois estas morrem fácilmente, me parece que pelas raizes.

    Responder
  44. joao gregorio 13 de Junho de 2014

    gostaria d ter aceso a mais informaçoes d blog

    Responder

Deixe o seu comentário

Your email address will not be published. Required fields are marked *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

Ir para o topo