A CARREGAR

Type to search

As minhas flores: Chrysanthemum Coronarium, L

Bem-me-quer …. Mal-me-quer. Muito, Pouco ou Nada? … e a ladainha acompanha o desfolhar do malmequer até ao fim, desejando que termine num Bem-me-quer.
Este malmequer marca a Primavera pela sua quantidade e pinta os campos de branco e amarelo,vistosos e lindos. Chrysanthemum Coronarium agora classificado como Glabeonis Coronaria, apresenta-se de duas formas. A mais frequente com lígulas brancas de base amarela e a mais rara com lígulas totalmente amarelas.

Chrysanthemum Coronarium, L
(Var. discolor, malmequer)

Espécie: Chrysanthemum Coronarium
Família: Asteraceae
Nome Comum: Malmequer, Pampilho.
Floração: Abril a Agosto.
Distribuição: Região Mediterrânica, Macaronésia e Sudeste Asiático.
Habitat: Solos incultos, prados e caminhos.
Fotos Recolhidas no Algarve: Aldeia do Monte de Boi – Messines

Coordenadas: 37.251677, -8.307998

Descrição: Planta anual de caules com 20 a 100 cm de altura, ereta simples ou ramosa. As folhas dispõem-se alternadas, muito divididas, oblongas com segmentos lanceolados.
As inflorescências são do tipo capítulo, constituídas por várias flores. Neste caso possuem dois tipos de flores, as flores do disco (hermafroditas) de cor amarela, que se encontram na posição central e as flores do raio (exteriores) lígulas brancas e amarelas na base. Ambas funcionam como uma única flor para atracão dos polinizadores.
O fruto é conhecido como Cipsela.Fonte: Wikipedia

Manuela Rocha é natural de Almada, formada em Engenharia de Sistemas Marítimos de Electrotecnia e Telecomunicações, especializou-se na área da electrónica marítima.

Nos seus tempos livres gosta de passear e fotografar a Natureza em todas as suas dimensões, mas o que a cativou foram as flores silvestres que de forma espontânea estão aí a surpreender com a sua beleza.

Com um levantamento de imagens feito ao longo de vários anos o Portal do Jardim vai contar com a sua preciosa colaboração partilhando connosco as suas descobertas.

Tags:

Deixe o seu comentário

Your email address will not be published. Required fields are marked *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

Ir para o topo