A CARREGAR

Type to search

As minhas flores: Íris Germanica, L

Espécie: Íris Germanica

Família: Iridaceae

Nome Comum: Lírio-Germânico, Lírio-Cardano, Lírio-Cardeno

Floração: Março a Junho

Distribuição: Origem desconhecida, possivelmente Mediterrâneo oriental.

Habitat: Bermas das estradas, caminhos e proximidades de habitação.

Em pleno Barrocal à saída de Messines no sentido de Alte, encontrei junto à estrada imensos Lirios Germânicos, assim como junto à passagem de nível da Estação dos Caminhos de Ferro de Messines.
São flores grandes e vistosas. A sua propagação deve-se em parte à acção dos Cantoneiros, que em tempos atrás cuidavam das bermas das estradas, plantando flores. O Lírio Germânico era uma das preferidas, devido à sua resistência. Cada cantoneiro tinha a seu cargo um determinado cantão, que trabalhava com afinco, para que fosse o mais bonito.

Fotos Recolhidas no Algarve: Estação Caminho de Ferro – Messines
N270 Messines – Paderne
N124 Messines – Alte

Coordenadas: 37.253463, -8.288084 / 37.240081, -8.248283 / 37.233708, -8.218655

Descrição:
O Lírio Germânico é uma planta herbácea, rizomatosa perene. Atinge cerca de 60 cm de altura, as folhas são longas e laminosas de cor verde, dispostas em leque, a partir dos rizomas.
As flores de cor violácea, surgem na Primavera e as inflorescências são compostas por duas a quatro flores. As flores contêm três sepalas caídas e três pétalas eretas.
Cada sepalas apresenta um tufo de pelos na parte superior, a barba. Esta barba é geralmente branca e amarela.
Fonte: Wikipedia

Manuela Rocha é natural de Almada, formada em Engenharia de Sistemas Marítimos de Electrotecnia e Telecomunicações, especializou-se na área da electrónica marítima.

Nos seus tempos livres gosta de passear e fotografar a Natureza em todas as suas dimensões, mas o que a cativou foram as flores silvestres que de forma espontânea estão aí a surpreender com a sua beleza.

Com um levantamento de imagens feito ao longo de vários anos o Portal do Jardim vai contar com a sua preciosa colaboração partilhando connosco as suas descobertas.

Tags:

Deixe o seu comentário

Your email address will not be published. Required fields are marked *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

Ir para o topo