A CARREGAR

Type to search

Espanha: A Barcelona dos Jogos Olímpicos

Atualmente, a frente marítima de Barcelona permite-nos ir de um extremo ao outro, através de parques num conjunto denominado Parques del Litoral. Uma ótima combinação de azul e verde onde a arte e a arquitetura estão sempre presentes.

Texto e fotografia: Vasco de Melo Gonçalves

Os Jogos Olímpicos de Barcelona 1992, representaram uma das renovações urbanas mais importantes da cidade. Em frente ao mar, ao mesmo tempo que a Vila Olímpica era construída, cinco novos parques foram criados nas antigas terras industriais de Poblenou: Carles I, Cascades, Port Olimpic, Nova Icària e Poblenou.
A nossa proposta é a de um passeio circular, com cerca de 6,3 km, por uma das zonas mais vibrantes de Barcelona. O passeio desenvolve-se ao longo de zonas distintas da cidade onde contrasta o tráfego agitado com espaços verdes calmos, para finalmente chegarmos a um passeio ribeirinho de acesso às praias e ao Mediterrâneo, repleto de vida e esplanadas.
Neste nosso trajeto caminhámos por dois dos cinco parques existentes, Cascatas e Porto Olímpico.
No Parque das Cascatas temos uma grande diversidade de espécies de árvores nomeadamente, ciprestes (Cupressus sempervirens), jacarandás (Jacaranda mimosifolia), choupos (Populus alba e Populus alba ‘Pyramidalis’), oliveiras (Olea europaea), pinheiro-manso (Pinus pinea) e palmeiras altas e finas (Washingtonia robusta).
No Parque Olímpico temos um tipo de vegetação diferente com inúmeras palmeiras, canteiros ornamentais, espaços de lazer, mais condizentes com uma diferente utilização do espaço.

Parque das Cascatas

Plaça del Gas

Ronda Litoral

Parque do Porto Olímpico

Praça do Mar

Esculturas

Escultura de Auke de Vries

O Poder da Palavra de Auke de Vries
Em pleno Parque das Cascatas temos esta curiosa escultura, em aço pintado, do holandês Auke de Vries nascido em 1937. Uma oferta conjunta da cidade de Roterdão com o governo Holandês para os Jogos Olímpicos de Barcelona.

Escultura de Antoni Llena

David e Golias de Antoni Llena
Antoni Llena é um pintor, escultor e escritor catalão nascido em 1943. Trata-se de uma escultura de 1992 situada no Parque das Cascatas que representa uma máscara que parece querer voar e onde a sua cor branca contrasta com o azul forte do céu. É interessante ver, também, o diálogo com o edificado ao seu redor.

Escultura de Robert Llimós

Marc de Robert Llimós
Marc é uma escultura de 1997 do artista espanhol Robert Llinós e é dedicada ao seu filho que faleceu num acidente. Está implantada junto à Praça dos Voluntários no Parque Olímpico.

Peixe Dourado de Frank Gehry

Peixe Dourado de Frank Gehry
Junto ao passeio ribeirinho e ao Porto Olímpico, o Peixe Dourado tornou-se um dos símbolos da Barcelona pós-olímpica (1992). O grande peixe dourado (56 m de largura por 35 m de altura) parece flutuar sobre o Mediterrâneo. O sol é refletido nas escamas douradas desta escultura em forma de peixe que domina a orla marítima do porto Olímpico e as praias de Barcelona.

A REDACÇÃO do Portal do Jardim.com, conjuntamente com todos os seus contribuidores, prepara artigos e notícias do seu interesse, mantendo-o ao corrente do que se passa sobre o Jardim, em Portugal e no Mundo.

Tags:

Talvez goste deste artigo

Deixe o seu comentário

Your email address will not be published. Required fields are marked *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

Ir para o topo