A CARREGAR

Type to search

Tags: ,

As minhas flores: Cistus Ladanifer

Março e Abril são os meses de excelência da floração da Esteva. São lindas, magnificas e delicadas, as flores duram apenas um dia em plena maturação, renovando-se diariamente.
As serras entre o Algarve e o Baixo Alentejo estão repletas destes arbustos, cobertos de flores brancas, constituindo um espetáculo deslumbrante no pico da sua floração. O perfume libertado, muito característico e intenso, nota-se na atmosfera envolvente, logo pela frescura da manhã, como pelo calor intenso do verão. Cheira a Serra!

Cistus Ladanifer, L
Espécie: Cistus Ladanifer
Família: Cistaceae
Nome Comum: Esteva, Xara
Floração: Março a Junho
Distribuição: Região Mediterrânica Ocidental e Noroeste de África.
Habitat: Serras e matagais em solos pobres de clima seco e quente.

Fotos Recolhidas:
Barragem do Funcho – Algarve (Subespécie Ladanifer)
Qt. Dos Medronheiros – Almada (Subespécie Sulcatus)

Coordenadas:
Barragem do Funcho: 37.256044, -8.381399
Qt. Dos Medronheiros: 38.639167, -9.197418

Descrição:
Arbusto que atinge cerca de 2 m de altura, perene de crescimento rápido. Os ramos são robustos e lenhosos. As folhas persistentes, lanceoladas, com comprimento de 3 a 10 cm, de cor verde-escuro, realçadas por um brilho existente, provenientes de uma resina pegajosa, o ládano, que exala fortes aromas.

As flores com aproximadamente 10 cm de diâmetro, são hermafroditas constituídas por 3 sépalas e 5 pétalas de cor branca, amarrotadas com uma mancha vermelho-acastanhada na base de cada pétala, rodeando os estames e os pistilos amarelos e estamos perante a subespécie Ladanifer.

Mais difícil de encontrar é a subespécie Sulcatus, cujas pétalas não apresentam as manchas vermelho-acastanhadas. A flor é completamente branca.
Produzem um fruto em forma de cápsula onde se encontram as sementes. Fonte: Wikipedia

Manuela Rocha é natural de Almada, formada em Engenharia de Sistemas Marítimos de Electrotecnia e Telecomunicações, especializou-se na área da electrónica marítima.

Nos seus tempos livres gosta de passear e fotografar a Natureza em todas as suas dimensões, mas o que a cativou foram as flores silvestres que de forma espontânea estão aí a surpreender com a sua beleza.

Com um levantamento de imagens feito ao longo de vários anos o Portal do Jardim vai contar com a sua preciosa colaboração partilhando connosco as suas descobertas.

Tags:

Talvez goste deste artigo

Deixe o seu comentário

Your email address will not be published. Required fields are marked *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

Ir para o topo